Finados

“O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo…”

Mario Quintana

Estranho! O dia desponta
Estranho ! A lua e as estrelas.
Noite e dia que se sucedem.
E você ….

A vida segue
Os rastros de dor dão vez a saudade.

Um lugar, uma melodia
alguma palavra e no sonho
Um pouco do tudo.

Partida eterna,
Saudade infinita
Soma  dos meus amores

Avós, pai , mãe.
Neste e em todos os dias
Falam ao meu coração.

Norma



Comments

  • chica
    Responder

    LINDO e sentimentos aflorados.beijos,tudo de bom,chica

  • Meri Pellens
    Responder

    Resta-nos a esperança de um dia encontrarmos de novo tantos queridos que já partiram.
    Beijinho e muita paz, querida Norma!

  • Lizete Ferraz
    Responder

    “Avós, pai , mãe.
    Neste e em todos os dias
    Falam ao meu coração.”

    Falam e sempre falarão…pois estão vivos…
    Em uma outra dimensão…mas vivos…

    Lindíssimo poema…
    Beijos com carinho
    Liz

  • Valéria
    Responder

    Oi Norma!
    Linda e delicada homenagem, como bem sugere o dia!
    Nosso alento é a possibilidade do reencontro!
    Beijinhos e tenha um dia de paz!

  • Roselia Bezerra
    Responder

    Olá, querida
    Que post mais significativo!!!
    Que tenhamos a intercessão dos que se foram pra vida melhor…
    Bjm de paz

  • Simone martins
    Responder

    E quem sabe um dia nao iremos rever nossos entes queridos em outra dimensão nao e mesmo? Para DEUS nada é impossivel…bjin e fique bem!

  • Èlys
    Responder

    A saudade é natural e deve ser toda feita de ternura para aqueles nossos entes queridos que foram habitar em outra dimensão. Um dia nos veremos…
    Beijos.

  • toninho
    Responder

    Nesta voz vem a suavidade do afago para toda esta saudade.
    Meu abraço terno Norma.

Grata por sua visita sempre bem-vinda.

%d blogueiros gostam disto: