Olhar espiritual na Pandêmia

Blogagem Coletiva na participação da celebração de 12 anos do blog Idade-Espiritual da amiga Rosélia.

Fomos lançados à rotina antes impensável. O Medo, o isolamento, o distanciamento social, os cuidados extremos com a higienização foram as mensagens que o virus, anunciado e depois presente, nos trouxe.

Uma amplificação das emoções se fez corrente. Muitas foram as formas que cada pessoa e ou família encontrou para fazer frente a situação. Diante da doença e das perdas, muito sofrimento, muita desesperança e compaixão .

No meu caminhar, busquei alanvancar no meu ser o esperançar de cada dia e encontrei na poesia minha forma de me cuidar e cuidar do outro com mensagens positivas e me uni aos amigos da blogosfera no semear boas energias e fé na liberdade de estar na vida.

Fica aqui um dos sentidos da minha forma de ver e estar na nesta corrente …

    Enquanto espero

 Ah! eu te escolho serenidade
 vem, chegue mais perto
 me aconchegue para que
 não seja vencida pelo
 turbilhão da invisibilidade 
 que assombra e desassossega.
  
 As gotículas da chuva
 trazem o choro da vida
 paralisada e entristecida
 As folhas ainda esverdeadas 
 em breve estarão douradas
 criando um belo tapete.
  
 Das janelas os rostos 
 que aguardam a nova estação,
 o azul celeste apontando
 para  novos tempos
de seres amorosos e
 desejantes de PAZ. 
Norma Emiliano

Parabéns querida Rosélia pelos doze anos do seu blog Espitual- Idade, que estejamos unidas neste elo por muito tempo.

Grata por sua visita sempre muito bem-vinda

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Norma, realmente foram muitas as formas e modos que tivemos que inventar para por esse período passar… E tua poesia mostra bem a SERENIDADE que tivemos que manter a todo custo ,pois os dias foram (e ainda estão) difíceis… Linda poesia, participação DEZ! Parabéns à Roselia! beijos às duas! chica

  • Valéria C
    Responder

    Muito linda a sua poética participação, nos festejos da nossa querida, Roselia!
    Por certo, momentos de grande reflexão dominaram a todos nós…
    Parabéns Roselia, pelo seu Blog Espiritual-idade e que muitos anos mais venham para podermos juntos comemorar!
    Beijinhos para as duas!
    Valéria

  • Rosélia Bezerra
    Responder

    Seja bem-vinda à XII Interação Fraterna, querida amiga Norma!
    Com efeito, o medo, o isolamento social solidário, o esmero na higienização do lar e nosso foram nosso constante afazer na Pandemia.
    Perdas, doenças, muita ansiedade, dominante no mundo segundo os especialistas, no Brasil em 98% da população segundo pesquisa, ou seja, até em quem a nega para se fazer de forte…
    Entre desesperança e outros que nos abateram, o esperançar nos levou à compaixão mundial e aos mais necessitados próximos de nós.
    O cuidar do outro foi a forma precisa de solidariedade e empatia.
    Na sua linda poesia, me identifiquei sobremaneira com o céu azulado e as folhas que hoje fizeram um espetáculo na natureza para mim. Elas se exibiram de forna ímpar neste tempo cruel, como nunca, num dourado que me extasiou.
    Belíssimo poetar que me contemplou em cada verso.
    Excelente participação que muito nos enriqueceu.
    Conte com minhas preces, amiga.
    Ore por mim também.
    Seja muito feliz e abençoada!
    Beijinhos festivos com carinho de gratidão

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Tivemos mesmo que nos reinventar para não sermos apanhados por esta pandemia e suas consequências.
    A sua poesia a levou nesse sentido e muito bem.
    O poema que hoje partilha é maravilhoso.
    Magnífica a sua participação na BC de Rosélia..
    Um beijinho e ótima semana.
    Ailime

  • Marli Soares Borges
    Responder

    Boa tarde, Norma.
    Achei primorosa tua participação. Parabéns.
    Um poema que nos traz calma e serenidade. E estamos precisando muito disso para manter nosso equilíbrio físico e psíquico.
    Parabéns às duas, à você e à Rosélia.
    E vamos festejar!
    Bjs
    Marli

  • verena
    Responder

    Foi essencial mantermos a Serenidade diante deste malvado vírus, querida Norma.
    Participastes com maestria.
    Deixo um beijinho para você e Rosélia.
    Carinhosamente
    Verena.

  • Olinda Melo
    Responder

    Texto e poema preciosos, com mensagens positivas neste tempo
    de Pandemia. A Serenidade é sim uma bênção, permitindo-nos caminhar
    com os olhos postos na Luz que nos alumiará.
    Bela participação nesta interacção promovida pela Amiga Rosélia.
    Obrigada, Norma.
    Beijos
    Olinda

  • toninhobira
    Responder

    Lindo ato foi de espalhar poesia no mundo, de fazer a leveza nos dias das pessoas. A poesia tem mil e uma missões, você encontrou mais uma a de libertar as pessoas das tensões, do medo.
    Bela travessia Norma.
    Uma linda participação com poesia contra uma pandemia neste festa da alegria de nossa amiga Rosélia com seu blog.
    Beijo e paz amiga e cuide-se para cuidar.

  • Rosélia Bezerra
    Responder

    Obrigada a todos que passaram por aqui
    Beijinhos fraternos

  • Juliana Pelizzari Rossini
    Responder

    Bom dia Norma.
    Sim, suas palavras trouxe o real, tantos os cuidados externo como o interno, o de cuidar das pessoas, dar atenção, carinho, olhar atento…
    E assim, com fraternidade, amor, paciência, vamos construindo dias melhores de paz!
    Linda postagem e participação.
    Abraços e beijos no coração,
    Juliana.

  • Fê blue bird
    Responder

    Olá, Norma.
    “Ah! eu te escolho serenidade…”

    Que bela e sensata forma de encarar a vida, com serenidade , pois é com serenidade e paz interior que alcançamos o azul celeste da Paz.
    Muito bonita a sua participação ,Parabéns!

    Beijinhos para si e para a nossa querida homenageada, Rosélia.

  • Gracita
    Responder

    Oi Norma
    Nesta pandemia temos vivenciado de tudo… risos, lágrimas, cuidados intensos, dores, sofrimentos, perdas, fé, esperança e o mais belo a poesia sempre esteve presente como elixir que nos curou nos momentos mais aflitivos que tivemos
    Muito linda a sua poética inspiração para celebrar com a nossa amiga Rosélia
    Beijinhos

  • Rosélia Bezerra
    Responder

    Mais amigas chegando e eu agradeço.
    Beijinhos fraternos

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

%d blogueiros gostam disto: