Ganância e poder

 

VI  E  RECOMENDO

 

O filme Wall Street:  O dinheiro nunca dorme,  dirigido por Oliver Stone, conta com a participação dos atores Carey Mulligan, Susan Sarandon, Charlie Sheen, Martin Sheen, Michael Douglas e Josh Brolin .  

Apresenta os bastidores  do mundo empresarial na década de 80, no qual a atração pelo mundo ilegal da espionagem empresarial é o ponto de destaque. Sedução pelo poder e  magia do status associam- se na trama . Traz a visão moral do sonho americano que deu errado.

Conta a história de Buddy Fox, um corretor novato e ambicioso do mercado financeiro, sua trajetória em busca do sucesso e as dificuldades para alcançar seu objetivo.

Enfim, ressalta a corrupção que envolve não somente políticos e sim uma imensidão de pessoas poderosas.  Nos faz refletir sobre a ética profissional.

 

 

Trilha sonora

Voe comigo à lua

Voe comigo para a lua
E deixe-me brincar entre as estrelas
Deixe-me ver como é a primavera em Júpiter e Marte
Em outras palavras, segure minha mão
Em outras palavras, querido, beije-me
Encha meu coração com essa canção
E deixe-me cantar para além do sempre
Você é tudo que eu desejo,
tudo que eu venero e adoro

Em outras palavras, seja verdadeiro
Em outras palavras, eu te amo

Norma

Comments

  • Beth Q.
    Responder

    Ah, este filme é bárbaro!
    Meu filho e marido reviram na semana passada por um canal a cabo, deve ter sido neste mesmo dia em que você também o viu.
    Grande atuação dos atores e o tema é muito real, mostrando a desgraça que consome os seres humanos voltados para o poder e a fome de riqueza.
    beijos cariocas

  • Nilce
    Responder

    Oi, Norma

    A ganância e o poder consomem as pessoas. Esse filme é muito bom mesmo, Norma.
    Muito boa lembrança. Está na hora de vê-lo novamente.

    Bjs no coração!

    Nilce

  • josé cláudio – Cacá
    Responder

    Esse tema muito me apraz. Não pela atração magnética , mas pela repulsa e pela minha busca oposta. PS: Vi agora há pouco num site de notícias uma foto do Michael Douglas, quase irreconhecível por causa do sofrimento pelo tratamento de um câncer. Abraços, Norma. Paz e bem.

  • chica
    Responder

    Voltei pra te agrdecer o carinho e dizer que sou é meio maluca…

    Minha cabeça é dividida em gavetas, por assuntos, parece que é assim.

    Por isso, até nos blogs tenho que ter tantos…Não posso “embaralhar” os canais…

    Isso é loucura e sabes da maior?

    Nas aulas da faculdade ,que achava chatas, eu automaticamente colocava aquilo numa gavetinha, enquanto o prof. falava e trancava.

    Abria outra que gostasse.

    pode???rsrs

    beijos,tudo de bom e fiz jornal aqui!!! chica

  • chica
    Responder

    E refletir sobre a ética, seja ela qual for, sempre é válido.

    Boa dica!

    beijos,lindo dia!chica

  • Giovanna
    Responder

    Norma, acho que uma série dentro desse seu universo de família será um sucesso. Obrigada pela participação. Amanhã as suas fotos encerarão a série: Eu já fui um bebê. Bjs

  • Meri Pellens
    Responder

    Interessante e muito legal que hajam filmes assim mostrando que nem tudo é “glória” nos USA.
    Beijos na alma.

  • Ana Karla – Misturação Misturão
    Responder

    Bom dia Norma!
    esse filme eu assisti há muitos anos atrás e relembrando aqui com você, é isso mesmo a ganância e poder das pessoas a levam além do que elas podem.

    Bom dia

    Xeros

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

%d blogueiros gostam disto: