Amor

 

Dedico este post a Cintia que organizou a coletiva sobre o amor em celebração aos dois anos do seu blog Meu cantinho.

 

Amo o amor que se reparte
em beijos, leito e pão.
.

Amor que pode ser eterno,
mas pode ser fugaz.

Amor que se quer liberar
para seguir amando.

Amor divinizado que vem vindo.
Amor divinizado que se vai

Pablo Neruda

 

rosa

 

“Este é um poema de amor
tão meigo, tão terno, tão teu…
É uma oferenda aos teus momentos
de luta e de brisa e de céu…
E eu,
quero te servir a poesia
numa concha azul do mar
ou numa cesta de flores do campo(…)
Cora Coralina

Norma

Comments

  • Astrid Annabelle
    Responder

    Ai o Amor!
    O amor amolece Norma, ainda mais lendo Neruda e Cora Coralina!!!
    Linda participação.
    beijo grande
    Astrid Annabelle

  • Cíntia
    Responder

    Poesias que amo, que gosto… como é gostoso falar de amor, como é maravilhoso envolver nossa blogosfera com esse sentimento.
    Agradeço de coração, suas belas palavras, seu carinho e sua linda participação!

    beijos

  • Nilce
    Responder

    Oi, Norma

    É incrível como o Amor se reparte e se multiplica.
    Ele não exige, não possue, não maltrata, apenas doa.

    Bjs no coração!

    Nilce

  • Lúcia Soares
    Responder

    Norma, o amor diz tudo, seja em prosa ou verso.
    Amor é o melhor sentimento do mundo.
    Talvez a falta dele seja um dos males que vivemos, pois o amor verdadeiro só traz o bem. Não é para o sofrimento, é para nossa paz.
    Beijo!

  • Yoyo
    Responder

    Linda e grande participação, Norma
    Tenho sentido saudades de você. Ou será que fui eu quem “sumiu”? Hihih
    Bjos

  • marli borges
    Responder

    Oi Norma,
    Essa poesia de Cora Coralina é muito linda e a do Pablo também. A-do-ro!! Bjssssss

  • Isadora
    Responder

    Norma, falar, escrever ou ouvir sobre o Amor é sempre muito bom. Dois poemas leves como o Amor deve ser.
    Um beijo

  • chica
    Responder

    Neruda e Cora juntos num post só dá coisa linda!beijos,tudo de bom e adorei tua participação!

  • Sonia Beth
    Responder

    Lindo!

  • Sandra
    Responder

    Parabéns pela linda postagem.
    O amor é maravilhoso.
    Comemorar entre amigos é muito mais gostoso.
    Também estou participando da festa da Cintia com este blog.http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    vou te esperar por lá.
    carinhosamente,
    sandra

  • josé cláudio – Cacá
    Responder

    São dois que não dá pra se comparar. Dá pra somar e encantar duplamene. Abraços, Norma. Paz e bem.

  • Tida
    Responder

    Oi, Norma
    Há dias que eu tento levar seu link para o meu blog e não consigo. Você sabe o que eu preciso fazer?
    Antes eu tentava colocá-lo na minha lista de blogs, agora já vi que não é assim. Preciso é do link. Acho que eu faço tudo errado.
    Caso queira responda aqui mesmo, amanhã eu volto para pegar a dica.
    Bjs

  • Tida
    Responder

    Agora que vi que estou sem foto! não sei o que aconteceu, eu mechi em alguma coisa que não devia no meu blog!…Este fantasma sou eu mesmo!

  • Socorro Melo
    Responder

    Belos versos! Excelente escolha. Merecida homenagem.

    Com amor,
    Socorro Melo

  • roselia
    Responder

    Oi, amiga
    DEUS É AMOR…
    Desculpe-me ter chegado tarde à festa, estou acamada mas não posso passar sem vir apreciar os convidados (e seus presentes) da Cíntia tão querida.
    Que vc seja feliz, amada e abençoada!
    Com AMOR fraterno,
    BJS

  • Crica Viegas
    Responder

    Norma, simplesmente eu AMO (com maiúscula) Pablo Neruda…nem sei expressar como amo seus poemas, e vc escolheu u m taxto belíssimo.

  • irene marques
    Responder

    Gostei de ter estado neste blogue.Sobre o Amor
    pode ser súblime e pode ser aterrador!!!!Depende
    dos momentos. Mas passar por esta vida sem
    sentir os dois estados deve ser muito
    desinteressante. Pudemos amar muito,sofrer
    muito e querer mar de novo.Para mim a vida
    sem amor…hum…não gosto!!!
    Beijinhos/Irene

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: