Abayomis

Houve uma época que brincávamos com vários tipos  de brinquedos  confeccionados com materiais simples, desde caixinhas de fósforo aos retalhos de tecidos, mas este post não se propõe a expor sobre a importância de se estimular a criatividade, mas a contar uma experiência criativa, em momento doloroso do povo africano, em que tive contato por vivência grupal.

Participei de uma roda de conversa de confecção da boneca africana abayomi, pedaços de esperança, na qual a focalizadora, Silvia Fortes, relatou a origem deste “amuleto” utilizado para diminuir o sofrimento das crianças africanas trazidas para o Brasil com suas famílias que seriam escravizadas.

49716318_1010179169165652_1857001592293687296_n

A bordo dos tumbeiros, navios pequenos com péssimas  condições, as mães africanas para acalentar seus filhos  rasgavam retalhos de suas saias e a partir deles criavam pequenas bonecas, feitas de tranças ou nós, que serviam como amuleto de proteção. As bonecas, símbolo de resistência, proteção e poder ficaram conhecidas como Abayomis.

“A palavra abayomi tem origem iorubá, e costuma ser uma boneca negra, significado aquele que traz felicidade ou alegria. (Abayomi quer dizer encontro precioso: abay=encontro e omi=precioso ). O nome serve para meninos e meninas, indistintamente. ” Fonte 

Para as mães, as bonecas Abayomis trazem uma mensagem: ‘Ofereço a você o melhor que tenho em mim’ ” e também enfatiza o poder feminino. Fonte

Grupo participante

49661550_1052217978293733_5822672225290944512_n

Este é um trabalho artesanal e pode ser útil para múltiplas finalidades, entre elas educacional e terapêutica.

 

49716221_1052212808294250_3179961569408712704_n (1)

 

Grata por sua visita.

 

Comments

  • chica
    Responder

    Interessante esse trabalho e pode muito bem servir pra tua profissão! Gostei de ver! bjs praianos,chica

  • Norma Emiliano
    Responder

    Sim Chica e para acalmarmos as netinhas também. è bem fácil e pode ajudá-las a ficarem menos dispersivas por tantos estímulos,rs,rs,

  • Roselia Bezerra
    Responder

    Boa tarde, querida amiga Norma!
    Amo grupos assim é já participei de tantas dinâmicas positivas à auto estima.
    Assim, aqui mostrado, nunca e foi um lindo aprendizado.
    Só quem muito ama pode dar seu melhor ainda que tenha que perder um pedaço de si…
    Emocionei-me…
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

  • Graça Pires
    Responder

    Gostei muito de saber a origem da boneca africana abayomi. Obrigada por partilhar.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

  • Ailime
    Responder

    Boa noite Norma,
    Muito interessante esta partilha. Não conhecia a boneca Abayomis e imagino como foi excelente essa reunião.
    Beijinhos e boa semana.

  • Pedro Luso
    Responder

    Bela postagem, agradável surpresa nesta minha primeira visita a este espaço. Parabéns.
    Uma ótima semana.
    Um abraço.
    Pedro

  • Anete Marques
    Responder

    Olá, Norma!
    Boa e interessante postagem. “Oferecer o melhor de si”, essencial.
    Aproveito p desejar um ano abençoado p vc e família.
    Obrigada pelos parabéns, niver de namoro.
    Meu abraço

  • debbyacacio
    Responder

    Perfeito!

  • toninhobira
    Responder

    Que bela curiosidade da história deste povo sofrido. Não conhecia o relato. Houve uma época que lia muito sobre o iorubá com acesso a um dicionário e creio já ter lido sobre esta questão do dar o melhor de mim.
    Interessante o grupo e sua atividade Norma.
    Gostei de ver neste momento de tantas intolerâncias que vivemos, numa onda perigosa, como os ataques aqui aos monumentos afros-umbandistas.
    Valeu a partilha amiga.
    Beijo.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: