Blogagem Coletiva – Anunciação

 Texto publicado em 2009  e reeditado nesta minha participação da blogagem coletiva proposta pela amiga  Roselia do blog  espiritual-idade,  hoje com o tema Anunciação.

 

ANUNCI~1 

Anunciação- Conceição Resende /Porto

 

A Coroa do Advento

“Você não veio ao mundo para ser “esmagado” por imposições, mas para cumprir o propósito do seu espírito”. Silvia Schmidt

As lojas se revestem de verde e vermelho, o que em nossa cultura pode aludir respectivamente à esperança, à vida nova e à paixão, à conquista. O advento se aproxima. Na tradição cristã, o advento é um tempo de reflexão e preparação espiritual; é um tempo apropriado para fomentar a construção da esperança. Para o mundo do mercado é momento das vendas. Entre o espírito da fraternidade e o mundo da exclusão social, (miséria, desemprego, discriminações) a humanidade caminha.

Duas forças regem o caminho da humanidade: a força material, econômica impulsionada pelo trabalho e expressa no consumo e a força espiritual, impulsionada pelo amor e expressa na solidariedade.  Entretanto, a exigência da felicidade construída pelo padrão do capitalismo traz um peso e uma contradição. O ser humano tem necessidades primárias (alimentação, teto, vestimenta, etc.) que precisam ser atendidas diariamente, mas muitas pessoas não as conseguem. Por outro lado, vive-se um cotidiano marcado pelo consumismo, violência, desigualdades e perdas.

O que é felicidade? A felicidade humana se constrói em atos de amor a si próprio e aos outros. Nos livros sagrados encerra- se esta sabedoria “veja- se no próximo”. De acordo com Bowen (1978) a natureza humana contém dois conjuntos de forças opostas: as que unem as personalidades e as que lutam para se libertar rumo à individualidade. É nesse equilíbrio que caminham a solidariedade e o individualismo.

A atualidade traz o forte cunho do individualismo que se bem aplicado pode trazer bons resultados pessoais e sociais. Para alcançá-lo torna-se necessário buscar a si próprio no sentido da responsabilidade pessoal e coletiva, ao autoconhecimento e ao desenvolvimento da auto estima. Por outro lado, na medida em que se desenvolve a auto estima com olhar crítico e generoso sobre si mesmo, possibilita- se que não haja tanta contaminação pelo modismo maligno que fixa conceitos de beleza, status e padrões de felicidade.

Formamos uma rede, assim para que o bem estar seja profícuo é necessário que haja uma outra forma de convivência social. De acordo com o primeiro artigo da Declaração Universal de Direitos Humanos “todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade”.  Contudo, nem sempre o que está escrito é a realidade. Esta seria uma forma ideal de convivência .

Neste sentido, na medida em que possamos ampliar a autopercepção, a percepção da riqueza das relações sociais como fonte de aprendizado e  possamos ter como objetivo pessoal e coletivo a solidariedade, estaremos trilhando caminhos de esperança de tempos melhores. Que o  ritual Natalino contamine a essência e que numa corrente de amor  impulsione a conquista de  um mundo onde sejam  possíveis a dignidade, a justiça, a paz .

Norma

 

Comments

  • Élys
    Responder

    Hoje há um interesse comercial muito grande substituindo o verdadeiro espírito do Natal que a meu ver deveria ser a valorização da auto estima de cada um para a partir daí se construir no mundo uma verdadeira fraternidade.

    “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei” – Jesus.

  • orvalho
    Responder

    Ave, Norma!!!
    “Deus é Amor,
    Arrisquemos viver por amor.
    Deus é Amor.
    Ele afasta o medo!”

    Menina, que brinde ao dia de hoje, com seu post tão musical e alegre!!!
    Já ia dormir, mas estava esperando por vc… não sei o que houve mas só agora vi o seu post… estava impaciente, pois sabia dele e fiquei o dia todo na doce expectativa, amiga.
    Não me conformei de ir dormir sem dar uma olhadinha última e vc alegrou meu coração… foi muito bem vinda a sua postagem, amiga!!!
    Maria, a flor do dia de hoje, concebeu o Salvador…
    Recebeu a Anunciação e ficou grata… concordando com os Planos divinos…
    Post que mostra a sua presidêcia digna… Parabéns!!!!

    Vc dignifica nossa Blogagem Coletiva Natal…
    Vamos caminhar juntas, minha linda e crescermos em graça e sabedoria…
    Tenha ótimo e abençoado Advento do Menino Deus que está por chegar e transbordar nosso coração da verdadeira felicidade.
    Coloquei vc e seus desejos internos em minhas preces… na Missa de hoje e na confiança plena no Deus que tudo pode.
    Um grande abraço fraterno e bjs de paz.
    Seja ricamente feliz e abençoada!!!
    Sua irmã,
    Orvalho do Céu

  • Meru same
    Responder

    Oi, amiga!
    O texto, que nos leva à reflexão, foi presente, pois só o vídeo já diz tudo, e arranca lágrimas! Lindo! E linda participação!
    ……………………………
    Ah, eu topo participar da rede de energia, compartilhar é sempre muito bom.

    Fique na luz!

  • Maria Luiza
    Responder

    Olá amiga, há muitos anos , quando eu ainda era menina, não havia esse desadoro para se comprar porque é Natal.
    Naquele tempo natal era festa cristã, e realmente se comemorava o nascimento de Jesus.
    Beijo,
    Maria Luiza (Lulú)

  • zilda santiago
    Responder

    Belo texto,belo tempo!!!!!

  • Maria Luiza
    Responder

    Olá, tbém participo da blogagem coletiva e estou aqui prestigiando a sua postagem que , aliás é muito bonita e edificante. Que Deus continue derramando-lhe todas as bênçãos! Abração! A música do Milton é abençoada! Parabéns!

  • Ieda
    Responder

    Olá Norma, nos deixou uma reflexão maravilhosa nesta blogagem. Que possamos realmente deixar o espírito Natalino contaminar a essência e que numa corrente de amor impulsione a conquista de um mundo onde sejam possíveis a dignidade, a justiça, a paz . Um abraço.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: