Violência não…

transferir

Quebra de recordes  de bilheteria...

E resolvi assistir o filme O Coringa, muito bem conceituado nas críticas e por algumas pessoas que conheço. Realmente, uma trama muito bem feita, o ator principal (Joaquin Phoenix) excelente, mas não gostei da minha escolha e, ainda, convidei  a amiga Calu. Não saímos deprimidas, mas o peso foi grande. Cenas de violências que já estão dentro do cenário mundial. Loucura entrelaçada ao mau-caratismo de muitos, delírios que suscitam muitas  interrogações sobre  a realidade do acontecido.

O melhor mesmo foi o nosso “papo”,  cafezinho acompanhado.

Não é querer se alienar da realidade, mas não precisamos ser masoquistas, buscar mais sentimentos de mal-estar pelo caos que já vivenciamos…

Sinopse

Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) trabalha como palhaço para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante.

Imagem Net

Grata por sua visita

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Esse também não me seduz e garanto o melhor foi o café e papo com a Calu! Vale sempre isso,né? A vida já anda tão maluca, na hora da diversão temos que cuidar as escolhas!bjs às duas,chica

  • Lúcia Silva
    Responder

    Violência é tão evidente no nosso dia a dia e vê-las em filmes, novelas ou na real deixa a gente para baixo. Mas, o que valeu para você foi o cafezinho e a companhia maravilhosa das duas. Viva a amizade!
    Beijos e feliz domingo!

  • Calu
    Responder

    Disseste tudo, amiga: ” não precisamos ser masoquistas e buscar sentimentos de mal-estar.”
    Na próxima vez, leremos as sinopses, kkkkk

    Bjka,
    Calu

  • https://poetandojuntosemisturados.blogspot.com/
    Responder

    Ainda bem que o papo com a Calu amenizou a tristeza da escolha Norma, já chega a TV quase sangrando . Um bom papo com uma boa amiga é bem mais interessante que cenas violentas..
    Ótima semana
    Saudações;

  • toninhobira
    Responder

    Vivemos uma violência fomentada e quanto podemos fugir dela tanto melhor mesmo. Mas como programa em boa companhia, sempre é uma pedida e assim tirar algum proveito da oportunidade de estar assim em boa companhia.
    Abraços para você e Calu.
    Beijo amiga.

Deixe uma resposta para Calu Cancelar resposta

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: