Versejar

São muitas as motivações daqueles que  expressam pensamentos, sentimentos, visão de mundo e de si através da poesia. Considero que o poetar e/ou escrever tem o poder de salvar, de ajudar a alma a se libertar das dores, amenizar e/ou  alegrar o dia dos que mergulham em palavras, que não são suas, mas que se identificam. Cada vez mais, eu gosto de unir as palavras que escorrem  pelos dedos e se constroem em poesia.

Tenho participado de alguns eventos que congregam pessoas amantes da escrita e leitura de poesia, tenho conhecido pessoas que através da escrita têm se superado. Enfim, uma das minhas práticas tem sido versejar e fotografar despretensiosamente o que me desperta atenção.  Para mim, as fotos são poesias silenciosas que às vezes me estimulam a versejar.

46517231_977131705803732_6436265422294614016_n

SUPERAÇÃO.

De pouco em pouco
Elas se unem
Criam um manto escuro
Cobrem os raios coloridos
Restando a escuridão

Lentamente, desprendem-se
Gotículas que se avolumam
E lavam o solo
Liberam a dor
Elevando o fulgor

Bendita força
Imanente da vida
Que busca superação.
Bendito Amor,
Manto Divino

Norma Emiliano

Foto de minha autoria.

Comments

  • Chica
    Responder

    Muito lindo,Norma! Também gosto de fotografar e escrever..Unir as duas então r muito bom! Bjs, chica

  • roseliabezerra
    Responder

    Boa noite, querida amiga Norma!
    Temos muito em comum pelo que percebi aqui.
    Também veio em meu auxílio, há dez anos, a escrtia, mas sempre esteve em mim, só que apaguei muita coisa. Hoje, me arrependo de não ter guardado o antigo.
    Enfim, as fotografias são poemas para mim e delas faço uso sem parar…
    Ajudam-me a ter bons pensamentos, a reverter quadros de desolação esporádicos, alimentam minha fé, esperança e caridade… além de não viver especulando a vida dos demais por não ter tempo ocioso e me concentrando no autoconhecimento e purificação pessoal.
    Gosto muito dos seus poemas, sempr o digo.
    Tenha dias venturosos e abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

  • toninhobira
    Responder

    Ainda não tinha lido tão belo adentrar-se na noite.
    Que maravilha Norma, poetizando com elegância.
    A poesia é mesmo uma forma estranha em sua inspiração, vem de pensamentos, imagens, sons, cheiros e toques. O poeta pela sensibilidade capta estes movimentos que escorrem pelos dedos.
    E o mais lindo é quando as pessoas adentram a poesia bem próximas do que o poeta realmente sentiu no momento da criação.

    Carinhoso abraço poesia.
    Beijo.

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Tão belo o seu poema!.
    Adorei também quando diz que “fotografia são poesias silenciosas ” Que lindo e tão verdadeiro.
    Um beijinho com amizade.
    Ailime

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: