Transitoriedade

80891467_1274960276020872_2508380219350450176_o

“Nada dura
para sempre, nem as dores, nem as alegrias. Tudo na vida é aprendizado.
Tudo na vida se supera.” (Caio Fernando Abreu).

A vida é uma roda, gira e gira. É um labirinto, que por vezes pensamos que não encontraremos a saída. Há momentos que consideramos que não suportaremos os acontecimentos, sofremos e achamos que este sentir não cessará. Há outros, de tanta alegria que gostaríamos reter, mas tudo de bom ou de ruim passa… Há quem ache que sua estrada é uma reta infindável de conquistas e sente orgulho, vaidade pelo que possui. Mera ilusão!

Cada amanhecer é um desafio para seguirmos sem medos e usufruirmos o melhor que ele nos oferta.

Iniciei o ano com forte desejo de poder olhar para frente e me desvencilhar dos acúmulos e este sentimento/desejo se transformou num poema que compartilhei nas redes e coloco também neste espaço, minha casa sempre aberta para receber os amigos e trocar afetos.

Novelo

Mais um ano findou
Sinto necessidade
De abrir espaços.

Quanto acumulo!

Livro-me de papéis
Objetos e roupas
desnecessários.

Desapego, desvencilho.

Encontro fotos
Relembranças
Lindos momentos.

Heranças eternas

Incrível ! Serão
Alguns dias de
Arrumações.

Por fora e por dentro

Escolhas, direções
Que se movem
E me renovam.

Esperanças

Abrir clareiras
Desenterrar receios
Livrar-me de correntes

Libertação.

Caminhar sem receios
Deixar fluir
O que me cabe.

Confiança

Estradas diversas
No tempo
Que puder usufruir

Infinito/finito.

Norma Emiliano

Grata por sua presença

È no compartilhar e trocar que crescemos,,,,

Comments

  • chica
    Responder

    Que linda tua poesia e realmente temos que fazer essas faxinas de dentro e fora, mudar, renovar, doar, enfim, viver melhor! bjs, chica

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    Olá, querida amiga Norma!
    Muito lindo tudo desde a introdução ao poema que culminou o tema.
    Tenha dias felizes em 2020!
    Bjm carinhoso e fraterno

  • taislctais luso
    Responder

    Adorei!! Mesmo porque estou fazendo o mesmo por aqui, acúmulo… estou numa limpa, amiga, doando o que ainda está bom e me desvencilhando do que custamos a largar. gostei demais, veio ao encontro!
    Beijo, um genial 2020!!

  • Toninho
    Responder

    Olá Norma!
    A vida é um grande novelo mesmo e havemos de ter ciência e paciência das desembolar e muitas vezes nos enrolamos neste processo, Longa é a caminhada e viveremos entre subidas e descidas, como surfando numa onda magnética. Descidas sempre nos roubam o eixo e quedas são prováveis. Reencontrar o prumo, o eixo é nossa mais nobre virtude amiga, sem nos iludirmos e vivermos o real. A vida é uma poesia como aqui bem traduziu, mas há que se buscar a rima certa em cada ciclo de nossas vidas. Belo trabalho em poesia de reflexão e mergulho no ser pelo ser.
    Gostei.
    Beijo e vamos 2020 faxinado lembranças e pulverizando poesias.

  • Ailime
    Responder

    Bom dia Norma,
    Gostei tanto deste seu modo poetico de destralhar.
    Nele se inserem alguns aspetos que pretendo também introduzir neste início de ano.
    Nada como iniciá-lo pensando no nosso bem-estar e liberdade de ação.
    Beijinhos e ótimo dia e Ano.
    Ailime

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: