Sensibilidades

Um projeto realizado pela Chica vem nos proporcionando a por os neurônios a funcionarem, bem como criar vínculos, mesmo que virtuais, com muitas pessoas que frequentam a blogosfera.

Assim, vamos a proposta com a minha participação.

selo botando cabeça permanente (1)

No despertar das sensibilidades 

luas

Todos reunidos conversavam à beira da piscina, num local iluminado pela claridade vinda do céu. Uma criança de dois anos ali também se encontrava, distraindo a todos com sua vivacidade. A vovó sempre muito atenta aos encantamentos da vida pegou a netinha e apontou para o céu mostrando a linda bola branca que os iluminava, e foi extasiante perceber o olhar da criança. Este fato foi deveras marcante a ponto de desperta-lhe continuado interesse.

Assim, ao longo do seu desenvolvimento, da janela da sua casa, às noites,  busca olhar para o céu a procura da lua e quando ela faceira se mostra a criança se alegra e  com a vovó ao telefone pergunta-lhe- aí tem lua vovó?

Todos somos dotados de sensibilidades e fomentar o cultivo dos belos sentimentos  ajuda aos fatores que possam vir atrofiá-los.

Participe com sua inpiração:  dias 05, 15 e 25

 

Norma

 

Comments

  • chica
    Responder

    Que amor tua inspiração.Bem doce, como as crianças que sabem as belezas admirar. Cabe a nós tudo mostrar e tudo isso cultivar! Obrigadão! bjs, chica( levei o link!)

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Linda a sua inspiração nessa história que despertou o interesse da criança e a envolveu num afecto com a vovó que a despertou para esse facto que “cultivou nela bons sentimentos”.
    Beijinhos e boa quinta.
    Ailime

  • Zizi Santos
    Responder

    Que historia linda e amorosa !
    tudo isso regado ao luar !
    que perpetua um despertar de descobertas e de sentimentos

    bj

  • Zizi Santos
    Responder

    voltando com o email correto

  • Anete
    Responder

    Bonita a sua inspiração. Nada como cativar as boas sensibilidades…
    Um abraço neste feriado…

  • Natália Fera
    Responder

    Que linda inspiração Norma.
    Fez-me lembrar a minha neta que estava uma noite comigo na varanda e ao ver a lua contou-me que na casa dela também havia uma lua e era muito parecida com a minha kkkk.
    Beijos.
    Natália

  • Gracita
    Responder

    Tão terna a tua inspiração Norma
    Despertando a sensibilidade para o belo, o mágico
    Uma prosa poética fabulosa
    Beijinhos

  • toninhobira
    Responder

    Um belo olhar e uma interessante leitura das imagens da Lua no despertar curioso de uma criança aos primeiros contatos com as belezas da natureza com seus fenômenos maravilhosos.
    Bonita e com ensinamentos sua construção da sensibilidade incentivada.
    Gostei.
    Bjs e bom fim de semana de alegria,descanso e paz.

  • Majo Dutra
    Responder

    Profundamente sensível e amoroso o seu belíssimo texto,
    querida Amiga.
    Para a menina, cumplicidades e emoções
    para perdurarem uma vida…
    Excelente participação e partilha, Norma.
    Beijinhos
    ~~~~

  • Diná Fernandes de Oliveira Souza Souza
    Responder

    Interessante como as crianças se identificam com a lua, gostei da sensibilidade do seu olhar poético.

    Bom final semana.

    Bjs!

  • Roselia Bezerra
    Responder

    OLá, querida Norma!
    Qual vovó não ouviu tão linda declaração de amor? Lindo demais e dá até um livro… pérola por pérola que eles nos dizem e suavizam as penas trazendo tanta doçura ao nosso coração…
    Seja feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: