Sabor ou ligação afetiva?

dns04

É interessante poder observar como o prazer da escrita nos leva a encontrar temáticas por intermináveis caminhos. Por que começo este post com esta frase? Porque venho ampliando mais e mais minha esfera de interesse em reproduzir pela escrita pensamentos,  situações, imagens e afetos.

Assim sendo, vendo uma imagem de uma xícara de café fumegante me surgiu uma indagação: por que a minha bebida predileta é o café? Lembro-me que não tinha hábito de tomar café, mas a partir de um tempo comecei a privilegiá – lo e até sentir sua falta, se passasse das horas em que me acostumei a ingeri-lo (certa dependência).  Não sei exatamente se acho saboroso, rs, rs. Então, pensando sobre lembrei-me que meu pai era fumante e consequentemente o café seu constante companheiro.

Sabemos que as recordações constituem nossas raízes. As lembranças são imagens passadas, reproduções que surgem em alguns momentos e que, comumente, são carregadas de determinada carga emocional.  Desta forma, um cheiro, um som, uma voz podem ativá-las; memória e emoção se entrelaçam em certos momentos (reações afetivas). Podemos nos alegrar ou entristecer.

Quando perdemos pessoas significativas sofremos, porém com o tempo o sofrimento passa para o campo da saudade e a memória afetiva nos mantém interligados. Disto tudo, chego à conclusão que o café me traz uma carga positiva e tem o potencial de me dar ânimo, a isto a psicologia denomina de resiliência (recursos que nos possibilitam a reagir aos obstáculos da vida). Não devemos viver de lembranças, mas elas encorajam nosso viver.

Então, você se recordar a partir deste texto de alguma lembrança afetiva?

Norma Emiliano

Imagem Net.

 

Comments

  • roseliabezerra
    Responder

    Bom dia, querida amiga Norma!
    Sim, minha tia amada sempre com uma xícara de cafezinho gostoso e com broa de fubá ou de milho…
    Marca indelével na minha alma e no meu coração.
    Só de olhar a imagem, eu fico saudosa e melancólica apesar de saber que ela está muito melhor do que quando se foi…
    Os que amo se vão… é a vida, dirão muitos.. mas eu digo, Deus não me leva o amor e ainda de quebra me deixa boas recordações e afetuosas lembranças…
    Um post que me deixa sentimental, amiga.
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm fraterno de paz e bem

  • toninhobira
    Responder

    Que post interessante Norma inspirado nesta xícara de café e a arte de escrever.Somos mesmo um pote de lembranças e quanto mais resgatamos estas mais sentimos prazer e inspiração para tal.A observação do pai ilustra muito bem. Hoje em muito do que escrevo pelo blog vem destas recordações que se misturam a fatos, cores e cheiros, sons e imagens que me reportam a um tempo de vida e assim há uma fluidez para escrever dentro de uma das estruturas de texto da língua mater. Eu já escrevi que carrego comigo uma embornal de saudades e lembranças e sistematicamente eu enfio a mão e tiro uma para reviver e em algumas me vem a criança que fui e me sustenta pela vida onde muitas vezes os adultos falham.
    Uma boa linda semana Norma.
    Beijo

  • Lúcia Soares
    Responder

    Tenho muitas boas lembranças. Impossível um dia de chuva sem os bolinhos; uma noite de domingo, Bonanza e os bolinhos de feijão da minha mãe; café fumegante, no copo, e uma pontinha de faca com manteiga, meu pai. Lembranças nos mantêm vivos. Beijo, Norma.

  • Nina
    Responder

    Amo café e tbm acho que mts lembranças surgem nesses momentos em frente a xícara quentinha ❤️

  • Ailime
    Responder

    Boa noite Norma,
    Gostei imenso da sua apresentação do tema.
    Também me acontece muitas vezes vir-me à lembrança acontecimentos passados e que deixaram em mim doces sabores e hábitos que fazem parte da minha memória afetiva.
    Um beijinho,
    Ailime

  • Diná Fernandes de Oliveira Souza Souza
    Responder

    Bom dia Norma!
    Ah! Que saudades do meu pai adotivo que me levava cedinho pra tomar café com bolo de milho no terraço, o bucólico ao redor de casa,aquele cheiro de mato e de terra molhada,pardais a catar migalhas pelo chão, era para mim um encanto. Muito bom guardar boas lembranças. Significativo post! Abraço e um bom e produtivo dia!

    Bjs!

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: