Reciprocidades

Nos dia 05, 15 e 25 o encontro é marcado na BC da amiga chica em seu blog Chica brinca de poesia.

A imagem sugerida nos coloca diante de dois pássaros em uma estreita murada de frente para o mar e me deixo levar pela poética que dá livres voos.

Podemos nos lançar por caminhos estreitos e inseguros. Podemos estar só ou acompanhados. Escolhas existem. Há momentos que os desafios são sólitários, internalizados.

Diante da imensidão, do infinito do mar da vida, contar com ombro amigo, com companheiro cúmplice, cuidadoso faz toda diferença. O voo em direção ao outro precisa ser recíproco. Assim, há momentos que se ampara, há outro que somos amparados. Não precisa de regras.

Se assim sempre fosse, o mundo seria diferente, haveria mais a consciência de si e do outro e do outro.

Reciprocidade precisa ser exercita, cultivada, não é um dever, é espontânea; é ter empatia, é não aprisionar; è o combustível do amor.

Conheça a participação dos demais participantes.

Grata por sua visita.

Se ainda não leu Circulo vicioso da violência clique aqui

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Que linda tua inspiração! A reciprocidade é boa, importantíssima pra qualquer relacionamento! Adorei! Obrigadão! levei teu link! bjs, chica

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    Assim, há momentos que se ampara, há outro que somos amparados. Não precisa de regras.

    Boa tarde de Oitava de Páscoa, querida amiga Norma!
    Que linda e poética sua postagem!
    O parágrafo acima me tocou o coração.
    Hoje já fui amparada e dei meu amparo (carinho) há pouco também.
    Grande verdade, de acordo com a necessidade.
    Muita sabedoria de vida…
    Parabéns!
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e pascal

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Um texto muito inspirado e que foca aspetos muitos importantes dos relacionamentos.
    Reciprocidade é essencial.
    No final, que adorei, está tudo o que pode fazer a diferença numa relação:
    “Reciprocidade precisa ser exercita, cultivada, não é um dever, é espontânea; é ter empatia, é não aprisionar; é o combustível do amor.”
    Excelente.
    Beijinhos e cuidemo-nos,
    Ailime

  • Anete
    Responder

    Uma participação muitíssimo boa, é preciso amar em todo tempo. Empatia, reciprocidade e companheirismo acontecem espontaneamente e precisam de cativo.
    Muita paz, saúde e renovações nestes dias de quarentena…

  • toninhobira
    Responder

    Um mundo de reciprocidade é tudo que sonhamos Norma, para azeitar as engrenagens desta humanidade ainda presa pela inercia da solidariedade.
    Belo olhar e inspiração.
    Beijo amiga

  • LUCIA DE FATIMA SILVA
    Responder

    Uma inspiração divina com várias lições de vida, esperança e otimismo.
    Beijos afetuosos!

  • Diná
    Responder

    Olá Norma querida,
    Gostei da reflexão e destaco,. Oportuna para o momento.

    “Se assim sempre fosse, o mundo seria diferente, haveria mais a consciência de si e do outro e do outro.”

    Excelente participação;

    Tenha um feliz e radiante amanhecer.
    Bjss

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: