Poetando

A escuta da alma disposta como gotas de poesia

A poesia transborda e lança sementes que podem se transformar em efeito cascata.

Assim, vou seguindo e me expressando,

   Sentimentos (2014)

 Sem motivos aparentes
 Urge o sentir esfuziante
 Há muito conhecido
 Porém adormecido.

 Será o sol reluzindo o dia?
 Talvez o canto do pássaro
 Quem sabe o ruído que
 Ecoa das entranhas.

 Clamor que rompe o silêncio
 Singra os males
 Reluzindo o rosto
 Dando brilho aos olhos.

Norma

Com Cora Coralina uma linda reflexão poética da vida. 1965

"Não sei…
se a vida é curta
ou longa demais para nós.
Mas sei que nada do que vivemos
tem sentido,
se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que sacia,
amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo:
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira e pura…
enquanto durar."

Grata por sua visita, sempre bem-vinda.

Norma Emiliano

Comments

  • Majo Dutra
    Responder

    O poema de Cora Coralina é genial e o seu também é muito belo.
    Tenho uma homenagem á poesia do Brasil. Talvez goste de apreciar…
    Dias saudáveis e bons. Beijos

  • taislc
    Responder

    Que lindo, Norma! Bravo! Precisamos de poesia nessa época tão conturbada e, que vivemos.
    Tomara que resolva seu problema, é coisa muito desagradável essas mexidas que eles dão e todas as plataformas.
    Um feliz fim de semana,
    beijinhos

  • Edite
    Responder

    Olá Norma ! Corrigi meu perfil . Estava dando muita confusão . Então voltei prá deixar correto . Clica no meu nome e aparece meu perfil completo. Abraços .

  • Anete
    Responder

    Olá, querida Norma…
    Uma postagem linda e reflexiva. Poetar é uma forma de se expressar que faz tanto bem à alma e a quem lê com sensibilidade.
    Bom dia. Bjs

  • Edite Mendes Lima Balbo
    Responder

    Dois lindos poemas norma : o seu e o de cora que aprecio muito. Ser colo que acolhe, braço que envolve…muitas vezes basta para sanar um pouco as dores. E o sol iluminando por entre frestas também nos traz esperança e faz brilhar não só os olhos,mas TB o coração.

  • rudynalva
    Responder

    Norma!
    Cora Coralina foi uma mulher a frente de seu tempo.
    Lindo seu poema.
    cheirinhos
    Rudy

  • Valéria C
    Responder

    Ao que parece o problema do seu blog foi sanado! Que bom, Norma e nós traz um belo poema seu e um de Cora!!! Duas pérolas poéticas, vocês, em nos encantar com sua leitura.
    Beijinhos
    Valéria

  • toninhobira
    Responder

    Maravilhoso poetando Norma nesta volta pós pane no blog.
    Cora sempre e você num sentimento lindo poetizado desta poesia que clama e exala em cada palavra, em cada movimento desta natureza. Esta sensibilidade que faz poesia.
    Que o wordpress se acalme amiga e tenha dias belos de interações.
    Feliz semana.
    Beijo amiga.

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Belíssimo seu poema!
    Tão bom quando somos inundados pela luz!
    Tudo ganha uma outra cor, uma nova alegria.
    Lindo também o poema Cora Coralina.
    Beijinhos e uma boa semana.
    Ailime

  • verena
    Responder

    Linda a sua poesia, Norma.
    Espero que o problema com o blog logo se resolva.
    Ótima semana.
    Beijinhos
    Verena.

  • chica
    Responder

    Gostei de teu poetar,Norma.Sempre bem inspirada! Vanmos ver se funciona teu blog,no quesito comentários. beijos, boa sorte! chica ( avisa por favor se deu)

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

%d blogueiros gostam disto: