Poetando

 Você Nunca Desaparecerá   

Brota em mim
Um acalanto para o
Sono da menina
Que teima em não
Adormecer
 
Há tanta vida
A tudo que ver
Em tudo quer participar
Nada quer deixar
Escapar.
 
“Se esta rua, se está rua
Fosse minha...
Eu mandava, eu mandava
Ladrilhar...”
Dorme, dorme
minha menina.
 
Nada se perderá!
Há muito tudo
Vivenciou.
Brincou, cantou
Rodou e tagalerou.
Em mim tudo ficou.
 
Deixe o sono chegar
Ele  alimentará
Os  sonhos...
E de mãos dadas
Caminhemos ...
A nos apoiar.
 

Grata por sua visita

Norma Emiliano

Imagem Net

Comments

  • toninhobira
    Responder

    Boa noite Norma.
    Embalar esta menina, leva-la no coração.
    É bonito acordar a menina e deixar que ela faça festa nas suas lembranças e acorde em você toda alegria de viver cada dia com graça e ternura. Assim carrego meu menino pela vida e sei que nele posso confiar.
    Bela poesia, belas lembranças de um tempo de feliz idade.
    Estive lendo o Pinceladas e encontrei esta menina por lá.
    Beijo amiga.

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    Boa noite de paz, querida amiga Norma!
    Acolher nossa criança interior com todo esse encanto e carinho só pode resultar num coração de poesia pura.
    Adoro a música se essa rua .. desde pequenina…
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno

  • chica
    Responder

    Tão linda e doce poesia e leitura que faz bem pra adoçar o fim do dia! Adorei! Bjs,chica

  • Taís Luso
    Responder

    Um belo poema, embalado por uma criança, a criança que conservamos para o bem da alma e do espírito.
    Gostei muito, Norma, uma boa semana, cuide-se! Voltou tudo novamente…
    Bjs!

  • Marilene Duarte
    Responder

    Um poema terno, Norma, que realça o valor de se guardar a infância no coração. Caminhar de mãos dadas com a menina que fomos é uma bela colocação. Bjs.

  • Sueli
    Responder

    Um lindo e doce poema, enfatizando a ternura da nossa criança. Bjs, Sueli

  • Sulane Macedo
    Responder

    Oi Norma! Lindos seus versos…
    Terno e cute. Beijos nas bochechas! 😀

  • Anete
    Responder

    Gostei muito do poetando. Sonhar é bom demais e viver os sonhos também. Precisamos “ser como crianças” diariamente e não nos preocupar tanto, mas “levar na brincadeira” as coisas tão sérias do dia a dia…
    Bom fim de semana…
    C carinho…

  • verena
    Responder

    Uma doce e terna poesia que me encantou, querida Norma.
    Um beijinho carinhoso
    Verena.

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Que lindo poema!
    Tão bom lembrar a criança que fomos e que conservamos dentro de nós e que precisamos alimentar.
    Beijinhos,
    Ailime

  • rudynalva
    Responder

    Norma!
    Que singelo poema e inspirador.
    Bom domingo.
    cheirinhos
    Rudy

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: