Poesia como remédio

poesia

 

Estudos da neurociência  descobrem que a poesia cria um estado que chamaram de “pré-relaxamento”; ou seja, que provoca uma reação de prazer gradativo a cada estrofe escutada. Estes pesquisadores apontam que  o nosso cérebro processa a poesia de forma diferente que a prosa, pois uma “rede de leitura é ativada atingindo diferentes áreas,  entre elas as responsáveis pelo processamento emocional”. Assim, afirmam que  poesia tem a capacidade de enviar poderosas mensagens emocionais e ativar a reflexão, contudo adicionam que o maior prazer que se sente ao ler um poema são  as sensações que se experimenta. Fonte  “A poesia é um instrumento de aguçamento da visão. Ela pode nos ajudar a ver as coisas, a ver o mundo – a natureza, as pessoas”.

Por outro lado, já temos a Biblioterapia que consiste na prescrição de materiais de leitura com função terapêutica, ou seja práticas de cuidar através dos livros. Em Niterói nossa maior representante é Cristiana Seixas, que coordena o grupo que frequento semanalmente. Assim sendo, neste sentido percebo a sincronicidade dos caminhos que venho traçando pela minha característica de cuidadora.

Em minhas reflexões, ao articular estes conjuntos de informações observo que a minha veia poética, que vem se expandindo, quase que de forma rotineira em minha vida,  é apenas mais uma expressão da minha maneira de ser e estar no mundo. Desta forma, também entendo a necessidade, não só de escrever, mas também de compartilhar, visto que cada poema pode ser um instrumento do cuidar de mim e do outro que for tocado pela sua experiência de vida e/ou fase.

Já temos algumas experiências, inclusive em um condado inglês, Shropshire, no qual há uma livraria cuja proprietária,  Dédora Alma, prescreve poemas como remédio. “Alma também é poeta e arruma os livros na loja de acordo com o humor. Ela acredita que a poesia pode aliviar uma gama de doenças emocionais que vão desde a exaustão, stress até a tristeza de corações partidos. Fonte

Enfim, sigo feliz por perceber que tenho várias possibilidades de cuidar e de articular minhas experiências ao longo da minha trajetória. Vivendo e aprendendo

Norma Emiliano

Grata por sua visita.

Comments

  • Roselia Bezerra
    Responder

    Boa tarde de paz, querida amiga Norma!
    Hoje consegui de primeira.
    Sobre a poesia, sinto exatamente assim como seu post discorre.
    É vida a poesia.
    Sentimos essa paz de espírito, uma calma inusitada, a serenidade inunda nosso ser por inteiro. É catarse sim.
    Muito bom esse post.
    Tenha dias felizes e abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Um artigo muitíssimo interessante e importante.
    Ainda não tinha lido nada do género e pela minha experiência, se é que sou poeta;)), sinto isso mesmo.
    Há como que um extravasar de emoções e uma necessidade de partilha.
    Aprecio ler as várias interpretações que cada comentarista escreve.
    Um desafio para quem escreve e para quem lê..
    Beijinhos,
    Ailime

  • Majo Dutra
    Responder

    Gostei muito de ler e saber…
    Pessoalmente, nunca ouvi tanta gente dizer que não gosta de poesia.
    Porém, do que eles não gostam. é da ‘poesia moderna’, como chamam.
    Se os escritores que escrevem poemas em estilo surrealista ouvissem, davam menos voltas à cabeça para ornamentarem a sua escrita com imagens mirabolantes, desprovidas de qualquer coerência…
    Enfim, modas sempre passam e prevalece o bom senso.
    Gosto de poesia e compreendo bem esses estudos.
    Lamento ter deixado de frequentar o Refúgio dos Poetas, tanto mais que só publico de quatro a cinco textos por mês.
    Dias de 2020 muito agradáveis e felizes.
    Beijos
    ~~~

  • LUCIA DE FATIMA SILVA
    Responder

    Concordo plenamente com essa verdade, a poesia é remédio, é luz, é vida.
    Beijos!

  • chica
    Responder

    A poesia está em cada pedaço da vida, basta ter olhos pra perceber! bjs praianos,chica

  • Calu
    Responder

    A cada testemunho dos benefícios da boa palavra poética ou proseada em narrativas, vemos crescer as energias curativas da alma se expandindo emocional e biologicamnete; um cuidar sensível e cheio de beleza que você desempenha maravilhosamente, com certeza.

    Vamos cultivar uma estante/dispensa de palavras edificadoras, neh!
    Bjinhus,
    Calu

  • toninhobira
    Responder

    é por isso que defendemos que um mundo com poesia, seria mais leve e mais gostoso de se viver Norma. Belo trabalho de um tema pouco explorado. A poesia tem o poder de nos levitar, de nos colocar em plano de voo.
    Muito bem Norma e bom fim de semana.
    Em você a poesia renasceu e faz morada e sei cada dia mais há um acréscimo neste entusiasmo.com poesias cada vez mais imperiosa.
    Beijo amiga.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: