feto 9meses106

Poetando com

Mia Couto Escritor moçambicano nascido em Beira, em 1955, Espiral No oculto do ventre, o feto se explica como o Homem: em si mesmo enrolado para caber no que ainda vai ser. Corpo ansiando ser barco, água sonhando dormir, colo em si mesmo encontrado. Na espiral do feto, o novelo do afecto ensaia o seu […]

Passaro-olhando-pela-janela

Paciência

No desafio do projeto Uma Imagem- 100 Caracteres,  Mari  nos  sugere uma imagem  para nos suscitar uma criação. Em tempos de correria, o dia chuvoso traz morosidade,  em muitos  aspectos do dia, e traz o desafio do cultivo da paciência, assim  associando as figuras da imagem, aí vai a minha participação.     Ali da janela, […]

images

Eixo pessoal

Pensando numa vida melhor. Você permite ao outro controlar seu humor? ” Não são as pessoas, os fatos e as coisas que têm o poder de alterar o nosso estado de espírito” C.F A passagem do ônibus é três reais e noventa centavos  e o passageiro dá  quatro reais ao motorista irritado que  alega não […]

DSC03850 (1)

Meditação

Um dia de atraso, mas posso me inserir. Chica nos desafia nos dias 5, 15 e 25 de cada mês a  mexer com os neurônios através de uma imagem sugerida por ela.   Uma imagem sempre nos permite muitas possibilidades de expressão e olho para esta e penso o que me me diz? Neste lugar de […]

solelua0

Luz na escuridão

  No azul do céu infinito Brilha o sol  cobrindo o espaço As pessoas buscam  sua luz E o coração se reluz Na noite o brilho da  lua Linda, redonda, soberba no espaço A sua volta muitas nuvens Nuvens correndo no espaço No meu coração, ora  surge o sol Aquecendo a  minh’ alma Ora  soberba […]

oie_6LqGfQhBq2Wk

Um convite

Uma Imagem -140 caracteres é o desafio que, às sextas, Mari e Silvana nos trazem com suas proposições de imagem. O que pode sugerir? O que a partir da imagem podemos criar para além do que se vê? No cotidiano temos muitas influências que vão se depositando no nosso consciente e inconsciente. Então se deter […]

landscape-1435609920-young-woman-with-older-woman

Juventude/jovialidade

    Se houver um tempo de retorno, eu volto. Subirei, empurrando a alma com meu sangue por labirintos e paradoxos – até inundar novamente o coração. (Terei, quem sabe, o mesmo ardor de antigamente.) Lya Luft; in Mulher no Palco $ A passagem do tempo é inexorável:   Nascer,  brotar,  desenvolver, morrer. Não há como […]

paixc3a3o

Poetando

Vaguear * Há momentos De saudades indefinidas No gosto de ternura  No cheiro da paixão. Nas  curvas dos caminhos Perdidos da afeição. * Profundezas do Ser que se torce  e se contorce no limbo da escuridão. * Retomada… Tocar sem medo as negras sombras Descortinar Todos os cantos. * Quem sabe? Elevar o gosto da ternura. […]

Get Adobe Flash player