O que faz a diferença

 

Imagem Internet

 

 

Óntem, aconteceu-me um fato aparentemente insignificante. Contudo, aqueles que frequentaram estabelecimentos comerciais, como mercearias e quitandas, onde se comprava na base da caderneta numa relação de confiança e amizade, podem captar o meu sentimento atual (irritabilidade) face aos atendimentos ao público.

 O atendimento ao público, em sua grande maioria, é realizado de forma tão desatenciosa, que o ocorrido me chamou atenção e gerou este desejo de compartilhá – lo.

Dirigi-me ao balcão de uma cafeteria e uma atendente estava servindo sanduíche a um cliente. Enquanto aguardava, vi que já havia um homem sentado, falando ao telefone. Em seguida, chegou uma moça com uma criança e, logo depois, um casal.  Quando a moça terminou o atendimento e retornou ao balcão, os pedidos começaram a ser feitos desordenadamente. Para minha surpresa, ela dirigiu-se ao senhor ao telefone e a mim, perguntando diretamente o que desejávamos. Em seguida, fez o mesmo com os demais, na ordem de chegada.

Ao terminar meu lanche, fui pagar à mesma moça, pois essa se encontrava só com as diversas funções (atendimento ao público, lavagem das louças e caixa). Nesse momento, comentei sobre sua atenção à ordem de chegada das pessoas e a sua e presteza no atendimento. Não pude deixar de parabenizá-la pela forma como desenvolve funções polivalentes e capacidade de atenção.

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Nossa, teve que se virar em 8,né?

    Credo!

    Ainda bem que era ativa e despachada,né?

    beijos,tudo de bom,chica

  • José Cláudio (Cacá)
    Responder

    Realmente Norma, isso já pode ser considerado quase uma exceçao por aqui. A atençao que se dá ao cliente é cada vez menor. Há lugares em que a gente vai comprar algo e parece que nós é que estamos fazendo o favor de ser gentis e educados com o proprietário ou funcionário. Então, tem mesmo que elogiar quando esses bons atendimentos nos brindam. Abraços.

  • Astrid Annabelle
    Responder

    Concordo com você Norma!
    Tem mais é que elogiar.
    De uma maneira geral os atendentes estão numa fase de falta de atenção e amabilidade. É muito comum o que cita o José no comentário acima.
    Até parece que estamos fazendo um favor ao entrar em um estabelecimento comercial.
    Parabéns a esta moça…é uma jóia rara.
    beijos
    Astrid Annabelle

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: