O despertar

69359152_1163787537138147_1154865801942007808_n

A poesia pede que se viva em estado atento como uma antena, requer inteireza do ser“.  Shophia de Mello B. Anderson

Não tive antecedentes familiares do gosto pela leitura e escrita.  Sou de uma época em que as meninas escreviam em cadernos músicas, poesias; um caderno de recordações no qual os amigos também escreviam.  Por outro lado,  tinham os diários do cotidiano, nos quais situações e sentimentos eram relatados. Daí surgiu meu gosto pela escrita.

A poesia é a alegria do sopro, a evidente felicidade de respirar” Gaston Bachelard.

Em relação à poesia, associo, hoje, a minha forma de olhar a vida e o mundo, numa época, ao romantismo e, atualmente, a  contemplação, no sentido de observar atentamente. Minhas inspirações surgem das minhas vivências, seja com os sentimentos, com pessoas, seja com a natureza. Creio que desde a puberdade este contato intimo e atento como os meus sentimentos se constituiram no desabrochar das minhas sensibilidades.

Condensei escritos e poesias em arquivos específicos e ao longo do tempo alguns foram publicados, a principio, em diversos sites, como colaboradora e, posteriormente, no meu próprio site Pensando em Família com.br e neste blog. Contudo, o nascimento da neta foi  o maior impulsionador de publicação em livros.

Contemplação

Cada dia mais sou contemplação

Gosto de flores

Colorindo e perfumando

Os espaços

Ouço os chamados

Dos sentidos

Ah! como é necessária

Esta conexão

Corpo e alma

Sentam- se no vermelho

Vibrando a vida

Enquanto os olhos

Passeiam nos tons

Das flores que

Impregnam o ar.

Momento de contemplação. A Poética do Viver. p.79

“Ser poeta não é escrever poemas. É ser Poesia”. Sérgio Vaz

Grata por sua visita

Norma

Comments

  • chica
    Responder

    Tão lindo acompanhar o despertar da poesia m ti, em cada dos teus escritos. è lindo! beijos, chica

  • Marilene Duarte
    Responder

    Tudo que vemos, que vivemos, que sentimos… tem poesia. Nem sempre ela resulta de fantasias, pois, ainda que assim fosse, haveria a sensibilidade do escritor a lhe dar vida. Começar a escrever é um nascimento. Que você lhe dê continuidade com o mesmo afinco. Bjs.

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    Boa tarde de serenidade, querida amiga Norma!
    De vez em quando, pego seu livro e leio um ou outro poema, é lindo de se ler.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    A poesia em nós se vai desenvolvendo através do nosso crescimento e da forma como olhamos o mundo e os sentimentos. Assim entendo.
    Gosto muito da sua poesia e este poema é muito belo.
    Um beijinho.
    Ailime

  • Anete
    Responder

    Gosto de ler o que escreve, sempre com leveza e vivavidade. Escrever traz expressões e despertares da alma!
    Um bom finzinho de quarta-feira, Norma. O meu abraço…

  • verena
    Responder

    Boa tarde, Norma
    Os netos nos inspiram e dão um colorido especial para nossos dias, não é?
    Os seus escritos são lindos!
    Tenha uma abençoada noite.
    Um carinhoso abraço
    Verena.

  • Marina
    Responder

    Olá,Norma! Que legal teres publicado seus poemas. Gostei muito deste que postasse aqui, contemplar a natureza faz essa expressão vir da alma. Excelente post!

  • rudynalva
    Responder

    Norma!
    Parabéns por seu livro de poesias.
    É algo inspiridaor para o cotidiano.
    Sucesso!
    cheirinhos
    Rudy

  • Norma Emiliano
    Responder

    Este livro foi lançado em agosto de 2019. Em breve lançarei outro de mini contos. Grata pelo carinho

  • Sulane Macedo
    Responder

    Parabéns pelo livro Norma!
    Achei lindo os versos postados!
    Beijos!
    http://www.anelua2.blogspot.com

  • toninhobira
    Responder

    É lindo este despertar Norma, vem como uma onda e nos envolve e quando damos por nós os versos estão prontos. A poesia é uma senhora atenta e sensível e basta um suspiro para que venha à tona. Um olhar atento ao jardim, ao pássaro que voa, ao beija-flor que ronda as flores, tudo é poesia na natureza no contemplar. É só juntar as palavras. Belo o livro que fica para a netinha ler no futuro e orgulhar-se da vovó poesia.
    Beijo e feliz fim de semana.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: