Música em minha vida

A arte da música é a que mais se aproxima das lágrimas e das recordações” Oscar Wilde

Música (do grego μουσική τέχνη – musiké téchne, a arte das musas

É um recurso que despertar sentimentos, promove a aprendizagem e melhora a memória. Como terapia (musicoterapia) traz benefícios ao corpo, tendo em vista ser um canal de expressão emocional, de relaxamento, bem como maneira de obter uma sensação de bem-estar eliminando ou suavizando alivio a sintomas físicos.

Houve uma época da minha vida que as músicas eram minhas companheiras prediletas; eu as ouvia, escrevia, decorava e as cantava. Assim, ainda as tenho na memória. Tinha os artistas da minha preferência. Na adolescência, influência de uma amiga, fui estudar piano, cheguei mesmo a ter um. Tinha que estudar muitas horas por dia. Assim, após três anos abandonei. Continuei a tocar o que tinha aprendido e depois parei. Não tenho mais o piano, era muito pesado, e quando mudamos para Niterói não o trouxemos.

Mais tarde, gostei de comprar discos e ouví-los, das músicas clássicas às populares. Hoje, percebo que não acompanho as novidades. Entretanto, gosto muito e, principalmente, das instrumentais. Porém, a quarentena me trouxe certas condições de as colocar no corpo através de danças sagradas com alguns vídeos enviados por profissional, que trabalha com a danças circulares, e por alguns amigos as danças populares.

E você como a música está em sua história? Tem alguma preferência?

Escolhi uma que me agrada e é uma viagem no tempo.

As canções que você fez para mim

Grata por sua visita

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    A música sempre nos faz bem . Algumas nos tocam e emocionam.
    G osto das Itália,mas as antigas.
    Adoro MPB.Gosto também de ouvir músicas só orquestrada .Em f um,conforme o dia,vamos ouvindo…b jus,tudo de bom,chica

  • Diná Fernandes
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Li o texto e amei, qdo criança minha mãe adotiva cantava aquelas canções lindas parecendo poesia, e eu acompanhava e gravei todas. Gosto de todos tipo de música, as de qualidade , tenho preferências pelas clássicas, instrumentais e canto gregoriano.

    Linda partilha, Betânia é tudo de bom.

    Boa tardinha e bom findi!@

    Bjss

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    Boa tarde de paz de sábado com saúde, querida amiga Norma!
    Adoro músicas em alguns estilos e não e de agora… Remonta a adolescência e ao Roberto Carlos…
    Passei por alguns estilos, mas sempre me entretive com músicas. Ganhei uma vitrola nos meus quinze anos e o da época: the Fevers. Lembra?
    As românticas tem minga predileção, como as gregorianas e instrumentais para serenar a mente nestes dias conturbados.
    Hoje fiquei com Vinícius, Toquinho… italianas me deixam bem feliz.
    Enfim, música para animar sempre.
    Tenha um feliz Domingo!.
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Muito bom seu artigo que me fez voltar atrás no tempo em que a radio dominava a nossa casa e se ouvia musica brasileira, francesa e italiana.
    Depois comprei meu gira-discos e comecei a selecionar alguns músicos e atualmente acompanho mais o que se faz em Portugal.
    Gosto também de clássica e toda a musica que possa me relaxar.
    Maria Betânia também sou fã! André Rieu me encanta;))!!
    Beijinhos e uma boa semana.
    Ailime

  • Bel
    Responder

    Oi, querida! Depois de tanto tempo, dando uma passadinha por aqui…Sobre a música…amo, tudo! Se tiver balanço, estou junto! Sempre coloquei música para meus filhos, Lucas que tem 22, toca saxofone no Orquestra de Bom Principio(já ganharam 3 vezes em 1º lugar na Alemanha) e minha filha começou nas Meninas cantoras e hj toca também , mas não canta mais no coral…e eu escutava muito os ensaios, então já sabia quando desafinava…adoro somente!Mas não sai nada…enfim quem canta a paz alcança!Beijos

  • Gracita Fraga
    Responder

    Olá Norma
    Música é um canal que nos liga às nossas memórias afetivas
    E cada com seu gosto particular revive momentos intensos de sua história
    Dias de calma e serenidade
    Beijinhos

  • toninhobira
    Responder

    Oi Norma, eu tenho uma forte ligação com música desde criança, ouvindo meu pai e irmão tocarem violão, acordeon, tudo de ouvido como se diz. Adorava as musicas românticas e ouvia-se muito as sertanejas tradicionais da época e sabia cantar muitas. Depois veio a adolescência com os bailinhos nas casas nos finais de semana na vila até me encontrar em plena jovem guarda com o Rei. Interessei pelo movimento tropicalista e as musicas de protesto e “engajadas” eram minhas favoritas, quando as coisas endureceram e vivi o Clube da Esquina com Milton. Tentei o violão e nao fui além o que lamento hoje. Pelas musicas viajamos e nos tornamos leves. Sou colecionador de Maria Bethânia minha cantora favorita e a encontro aqui.
    Musica e dança par perfeito.
    Cantar só no banheiro,rsrs.
    Carinhoso abraço.
    Beijo amiga.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: