Memórias carnavalescas

Farei uma pausa no período de carnaval. Desejo a todos bons dias, seja de descanso ou folia.

Bandeira branca amor. Não posso mais. Pela saudade Que me invade. Eu peço paz.” Max Nunes e Laércio Alves

Neste final de semana, fui ao show  Pré carnaval das Rainhas do Rádio, com Mona Vilardo (atriz, cantora, professora e escritora), na Sala Nelson Pereira dos Santos, em Niterói. Com este rememorei um tempo carnavalesco da minha infância e juventude no Rio de Janeiro.

O amanhecer já era embalado pelo carnaval,  sinonimo de alegria, muita descontração. Crianças, jovens, adultos e idosos se uniam em blocos. Os  bondes e clubes completavam os três dias de folia.

As marchinhas eram cantadas por todos os foliões que usavam máscaras e fantasias de vários estilos. Confetes e serpentinas coloriam as ruas e os clubes. Eram vários os blocos de rua.

Em grupo de amigas da rua, anualmente, escolhíamos trajes para os bailes carnavalescos; íamos juntas e no final da noite trocávamos sobre as “paqueras” e nossos sonhos dourados que duravam três dias. “Tanto riso, Oh! quanta alegria, Mais de mil palhaços no salão…”  

São lembranças boas, marcando uma época… Carnaval de rua, com muitas famílias reunidas e muita brincadeira.

Grata por sua visita.

Se ainda não leu Filmes e Reflexões clique aqui.

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Que bom ter boas lembranças dessa época…Lindo! beijos, ótima semana onde o Carnaval já está pintando e bordando,rs chica

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    Bom dia de pré Carnaval, querida amiga Norma!
    Vir aqui é desfrutar de lembranças boas, sadias e lindas de um tempo de festejo por alegria sem má intenção.
    Lembro-me bem da marchinha… Tias e pai adorava.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno

  • Ailime
    Responder

    Boa noite Norma,
    Seu Carnaval de então era bem divertido e alegre!
    Lembranças como essas ficam para toda a vida.
    Aqui tudo muito menos efusivo e, imagine, nem sei dançar rssss.
    Beijinhos,
    Ailime

  • toninhobira
    Responder

    Norma eu que venho de uma pequena cidade do cantinho de Minas, de uma vila operária com sua sede para horas dançantes nos finais de semana, sei bem destas marchas e de como era lindo o carnaval naquele tempo, sem violência, sem drogas e olha que o lança perfume era permitido a espalhar pelo ar na pequena sede onde todos corriam com as marchinhas tocadas pela banda local de cinco elementos. Tempo bom dos mascarados pelas ruas de um tempo de feliz idade. Passou, mas ficou em nós esta emoção, esta lembrança boa.
    Como lembro daquela musica, que dizia” vou beijar-te agora não me leve a mal, que hoje é carnaval” e hoje é um assédio né?rsrs.
    Como o tempo muda amiga. Mas vivemos.
    Beijo

  • Norma Emiliano
    Responder

    Oi Toninho, obrigada pela dica. Estive em Tiradentes mas não conheci este vilarejo que me pareceu bem interessante.

  • Norma Emiliano
    Responder

    Sim, Toninho, temos boas e eternas lembranças de um tempo muito bom e com belas e boas músicas e sem tantos preconceitos, rs,rs,.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: