Fragmento de um percurso

Na clínica sistêmica valora- se as histórias pessoais, interrelacionais, para o processo do autoconhecimento e liberação dos nós.

Fragmento de um percurso

Até onde se recordava, a infância em família, as brincadeiras com amiguinhas da vizinhança eram boas. Porém, também tinha lembranças de suas brincadeiras solitárias com suas bonecas, representando papel de professora e vestida com roupas, sapatos e adereços das irmãs.

Era alegre, travessa e adorava implicar com as irmãs gêmeas mais velhas. Cresceu e se desenvolveu com algumas ambiquidades: momentos era esperta, em outros totalmente ingênua, sem a percepção do lado sádico das colegas mais velhas, que lhe pregavam trotes. Seu lado afetivo não admitia que alguém pudesse não ser íntegro nos vínculos. Ao longo da sua vida estas características a acompanharam.

Era, momentos, alegre, em outros, triste. Assustada com alguns acontecimentos desenvolveu-se protegendo – se das expectativas e procurava sempre não se animar demais com as conquistas. Tentava se proteger das dores, sofrimentos que poderiam ser desnecessários e com isto não viveu amplamente as alegrias.

Seguiu seu caminho embaçada por seus receios e deixou assim de estar totalmente aberta aos encontros que a vida lhe proporcionava.

Certo momento do ciclo de vida trouxe um novo formato aos seus dias e sonhos.  Tentou fluir de acordo com os sentimentos e emoções. Cultivou a busca da plenitude e assimilou que não havia lógica nas retas e curvas da vida; o aqui e agora é o chamado real para a entrega e conquista. Não há controle, não há certezas, apenas o usufruir cada passo dado e colher os resultados com a convicção que fez e deu o seu melhor.

Revisitar a história favoreceu o seu repensar e o ressignificar acontecimentos e sentimentos, não se deixar embaralhar nos fios do passado e tecer com novas cores as percepções de cada etapa em rumo à alegria de usufruir cada instante de felicidade.

Grata por sua visita.

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Lindo te ler e creio que sempre vale revisitar fatos do nosso passado e entendendo melhor cada um, trazê-los pro nosso hoje. beijos, tudo de bom,chica

  • verena
    Responder

    É importante usufruir cada instante de felicidade, Norma
    Gostei muito da sua crônica.
    Te desejo uma excelente nova semana.
    Ansiosa para receber o meu livro.
    Um beijinho carinhoso.
    Verena.

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    sem a percepção do lado sádico das colegas mais velhas, que lhe pregavam trotes.

    Boa noite de paz interior, querida amiga Norma!
    Eu também vivi o que recortei e na época da faculdade. Moça do interior… Brincavam, mas sabiam da minha ingenuidade, não chegava a ser Bulling, por respeito até. Era boa aluna e isso me salvava. Queriam ficar no grupo comigo.
    Seu conto me fez fazer uma viagem no túnel do tempo.
    Muito cativante na leitura.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno

  • toninhobira
    Responder

    É corrente que pessoas voltam ao passado independente de como foi e nesta volta há sempre um saudosismo, um repensar da vida. Até uma musica do Roberto Carlos foi inspirada neste processo com esta volta ao passado e colher de lá os momentos que marcaram sua trajetória.
    Que toda volta tenha um elemento agregador de valores.
    Bonito texto para reflexão amiga.
    Beijo

  • Maria claudete f.h.batista
    Responder

    As impressões deixadas pela infância creio tenham a sua importância plasmadora no presente …Uns catalizam para impulsos relevantes outros persistem em usar como justificativas para negatividades existenciais . Muito bom o texto porquanto nos leva a uma auto avaliação. BOA NOITE.

  • rudynalva
    Responder

    Norma!
    Temos de viver a felicidde em toda sua plenitude, mesmo com os riscos que a vida nos traz.
    cheirinhos
    Rudy

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Adorei seu texto. Nele me revi um pouco em relação a infância, que com outros aspetos me deixou marcas.
    Um beijinho e bom domingo.
    Ailime

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: