Filmes/reflexões

Os filmes sempre trazem mensagens, com algumas nos identificamos e com outras não, porém alguns conhecimentos extraímos. Eu me considero uma pessoa cinéfila. Tenho sempre uma lista de filmes que desejo assistir, nem sempre dou conta, são muitos e não assisto dois no mesmo dia no cinema; em casa até pode ser em horários espaçados.

Na semana passada, fui assistir dois que repercutiram diferentemente em minhas emoções: Judy muito além do arco-iris, baseado na história real da atriz Judy Garland, amada pelo público. Transcorre durante o último ano de Judy antes de sua morte, aos 47 anos, e traz flashes da rígida adolescência da artista, que não podia se alimentar devidamente e nem ter sua vida pessoal de amizades e lazer. Apesar de excelente artista tem problemas financeiros até sua morte aos 47 anos. Lindo e emocionante.

O segundo, coreano, “Parasita” que retrata de forma nua e crua a desigualdade social e nos faz refletir sobre o limite, o controle que temos sobre nossas emoções. Para mim a trama também mostra o poder de transformação do contexto em que se vive.

Enfim, para além dos meus interesses pessoais, na arte cinematográfica, os atores funcionam como modelos sociais, assim sendo os filmes mostram comportamentos, atitudes, emoções, transtornos mentais etc., que podem ser revisados e comentados e utilizados como recurso para o processo terapêutico.

Grata por sua visita

Se você ainda não leu O olhar do poeta clique aqui

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Ainda não assisti nenhum deles e esse último, apesar de vencedor, não me chama…Estranho. Também não gosto de assistir mais de um por dia. beijos, chica

  • Ailime
    Responder

    Boa noite Norma,
    Não sou muito cinéfila, mas de vez em quando vou ver um filme.
    Os filmes na verdade nos passam emoções e deles podemos colher ensinamentos.
    Os dois que refere me interessam e vou estar atenta às passagens nos cinemas daqui.
    Beijinhos,
    Ailime

  • Anete
    Responder

    Nada como assistir um bom filme!… Gostei da postagem, Norma. Também gosto de ver os comportamentos nos que assisto… No cinema ou em casa, mas em dosagem “calminha”, pois o tempo precisa ser bem ocupado com muitas outras atividades.
    Tenho sentido vontade de ver “Parasita”.
    Abraço grande e boa quinta-feira…

  • toninhobira
    Responder

    Acho bonito Norma, quem pode e sabe selecionar filmes além do marketing que fica por trás de muitos filmes. Estes em especial me chamaram a atenção pelo tema que pensou o cineasta em provocar reflexões e atitudes. Gosto de ler sínteses de filmes e livros e assim colocar na minha lista de desejos..
    Grato pela partilha generosa.
    Beijo

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: