Então, vamos cantar?

Domingando
67386377_1134714636712104_7160661040298983424_n

Nos anos 70, os compositores Mihail Plopschi e Paulo Cesar  Massadas compusseram a canção “Como um dia de domingo“, que foi gravada inicialmente por Tim Maia e Gal Costa. Música romântica e com ares de amor platônico. Esta, vez por outra é uma das melodias que me pego cantalorando. Por falar em cantar, eu amava cantar, decorava muitas músicas; tinha um caderno de letras e as sabia de cor. Hoje, não tenho gostado de muitas  e já não tenho este hábito, que considero tão salutar. Porem, hoje, domingo, após caminhada, senti vontade de ouvir e cantar. Com isto, surgiu o desejo de compartilhá-la por aqui.

Você lembra dela? Tem alguma melodia que ficou marcada na sua memória e lhe traz bons sentimentos?

“Eu preciso te falar
Te encontrar de qualquer jeito
Pra sentar e conversar
Depois andar de encontro ao vento
Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol que te bronzeia
Eu preciso te tocar
E outra vez te ver sorrindo
E voltar num sonho lindo
Já não dá mais pra viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo
Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar por conta da emoção
Faz de conta que ainda é cedo
E deixar falar a voz do coração
Eu preciso te falar
Te encontrar de qualquer jeito
Pra sentar e conversar
Depois andar de encontro ao vento
Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol que te bronzeia
Eu preciso te tocar
E outra vez te ver sorrindo
E voltar num sonho lindo
Já não dá mais pra viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo
Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar por conta da emoção
Faz de conta que ainda é cedo
E deixar falar a voz do coração
Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar por conta da emoção
Faz de conta que ainda é cedo
E deixar falar a voz do coração
Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar por conta da emoção (da emoção)
Faz de conta que ainda é cedo
E deixar falar a voz do coração (deixa, deixa)
Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar por conta da emoção (da emoção)
Faz de conta que ainda é cedo.”

Então vamos cantar?

Grata por sua visita

Norma Emiliano

 

Comments

  • toninhobira
    Responder

    Que lindo Norma, como me lembro desta canção!
    Musicas que ficam em nossa memoria e que sempre nos surpreendemos a canta-las. Pior quando é uma musica ruim destas que tanto ouvimos hoje.
    E hoje meu domingo foi caseiro devido chuvas e ventos pela Salvador.
    Mas vamos cantar este dia lindo com este imagem maravilhosa.
    Fica a frase: “Tudo vai ficar por conta da emoção.”
    E o importante é que nossa emoção sobreviva.
    Bom fim de noite.
    Beijo

  • Anete Marques
    Responder

    A paisagem é linda e a música também. As letras eram mais poéticas e com qualidade, conteúdo.
    Gosto de muitas, as de Roberto Carlos, Também a “Carinhoso”…
    Um abraço nesta terça-feira…

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Já tive um blogue em que partilhava músicas de tempos idos que eu apreciava.
    Um dia de domingo é uma canção muito bonita e na época fez muito sucesso nas rádios portuguesas.
    Não sei cantar, mas também gosto de recordar.
    Da minha adolescência recordo Quando de Roberto Carlos,. Ainda hoje gosto.
    Beijinhos,
    Ailime

  • taislc
    Responder

    hahaha, que delícia, e como lembro!!!!
    Sou desafinadíssima, prefiro escutá-los! Não me arrisco, Norma!
    Que bela imagem!
    Beijo, adorei lembrar, ter a letra. tinha esquecido, tantas coisas!!!
    Um ótimo fim de semana.

Deixe uma resposta para Anete Marques Cancelar resposta

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: