Enfrentando a Separação

separacao

É mais fácil ao psiquismo humano inventar foguetões com destino à lua do que aceitar uma separação”. Berger

*

*

Como é difícil a separação, seja para o casal, seja  para os filhos e para todos aqueles que os rodeiam.  O tempo da união e os filhos  tornam o processo  mais complexo. Contudo, o sofrimento sempre é imenso.

É um momento que traça uma linha divisória, nem sempre apreendida por ambos  os parceiros e pelas  famílias de origens. È um momento de crise e  pode provocar  o  luto, a nostalgias e/ou a  depressão.

Hábitos e atitudes precisarão de  alterações e  limites  devem ser estabelecidos para que a saúde mental, principalmente dos filhos, não fique abalada.

É de vital importância que as mágoas  não sejam despejadas nos filhos e que esses  não sejam usados como escudos para as divergências ou para disputas.  A lealdade dos filhos aos pais necessita ser observada para que eles não tenham que  fazer escolhas entre seus pais.

A famílias de origem de cada um dos membros do casal não deve se aliar contra o outro, não fomentar uma guerra de famílias.

A reorganização das famílias uni parentais exige que se privilegie o bem estar de todos e em particular dos filhos. Se o casal não deu certo enquanto marido e mulher que possa trabalhar em conjunto para serem pais amorosos dando exemplos de convivência pacífica e respeitosa.

Algumas famílias necessitam de ajuda profissional  e  a  terapia do divorcio  tem como objetivo  possibilitar a redução da dor e a desordem, bem como maximizar a capacidade de cada um dos envolvidos para uma vida com qualidade (reestabilização  e crescimento).

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Uma fase muito difícil e o mais ainda é não tomar partido! E o apoio é necessário.Se houver filhos, mais ainda.Mostrar que o pai e mãe continuarão sendo assim pra ele.Apenas não moram mais juntos. beijos,lindo dia!chica

  • Ana Karla -MIsturação
    Responder

    Enfrentar uma separação, por parte de toda família é mesmo um momento delicado e quase sempre é necessário ajuda, assim as coisas se encaixam melhores.
    Bom dia Norma!
    Xeros

  • luma rosa
    Responder

    Oi, Norma!
    Acredito que no passado, a separação era mais difícil de ser aceita e gerava mais conflito. Atualmente as pessoas parecem mais resolvidas, no entanto, também existem pessoas bastante complicadas que fazem da vida simples, um verdadeiro caos. Em uma separação, os filhos são os mais prejudicados e os pais, mesmo que pessoalmente não se entendam, devem fazer um esforço pela boa convivência, em prol da sanidade mental dos filhos. Pais que fazem guerras entre si, não imaginam a mutilação emocional que acarretam nos filhos.
    Bom restinho de semana!!
    Beijus,

  • Beth Q.
    Responder

    Norma,
    Separação é algo que atinge não só o casal e filhos, mas toda uma família que se gosta e sente pelo outro a dor.
    Hoje em dia parece que é mais fácil e menos dolorosa, mas ainda tem pessoas com sentimentos e capacidade de superação.
    grande abraço carioca

  • Calu
    Responder

    Norma,
    vc descreveu com nitidez os diversos sentimentos que arrebatam toda a família numa situação de separação.É verdade que antigamente havia uma rejeição/revolta bem maior ao fato, mas mesmo que hoje seja visto com mais naturalidade, não está excluído dele a mágoa e a dor do afastamento, porém o mais grave é quando os pais ignoram o sofrimento dos filhos e fazem deles joguetes para suas frustrações.
    Um abração,
    Calu

  • Maria Luiza Monteiro
    Responder

    Olá Norma
    Toda separação é dolorosa, mas a de um casal imagino ser
    mais complicada, principalmente se houver filhos.
    Mas hoje tudo se resolve mais facilmente, as pessoas estão mais esclarecidas
    resolvidas, e muito mais práticas.
    Acho que os casais deveriam pensar no casamento como coisa séria. Mas vão se unir pensando que se não der certo, separamos…

  • Toninho
    Responder

    Eu ja tinha lido esta otima postagem e deixei para reler e comentar.
    Separação é sempre um incomodo porque alguem se sente separado diminuido. Quando envolve filhos fica ainda mais dilacerante.
    Um tema que deve ser sempre discutido e entender como são as reações e como proceder diante de uma inevitavel.
    Belo trabalho Norma.
    Abraços.
    Bjo

  • Liliane
    Responder

    Norma
    separação é sempre um momento difícil para os envolvidos.
    O que é muito difícil é saber separar o joio do trigo. Problemas e defeitos todos nós temos, mas também temos virtudes que precisam ser valorizadas.
    Eu acho melhor uma separação do que viver uma vida infernal a dois.
    Mas a ajuda de um terapeuta pode ser muito útil para superar a dor. Importantíssimo o seu texto. Abraço com carinho

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

%d blogueiros gostam disto: