“Encontros”

deux-moi_4471907

Considero que os alguns filmes são fontes de bons aprendizados ou mostram algumas realidades . Contudo, o meu olhar impregnado da análise profissional (psicológica) valoriza algumas variáveis para além das referências das sinopses.

Comédia/Romântica

Sinopse

 “Rémi (François Civil) e Mélanie (Ana Girardot) têm em torno de 30 anos e, apesar de morarem em prédios um ao lado do outro, não se conhecem. Ambos estão solteiros e enfrentam problemas pessoais: ele, devido à demissão de praticamente todos de seu antigo trabalho enquanto foi promovido para outro setor, ela sem conseguir superar o término de um longo relacionamento, cujo fim já tem um ano. Cada um à sua maneira, os dois buscam meios de lidar com o momento depressivo através das redes sociais: ele pelo Facebook, ela através do Tinder.”

Destaco que os jovens são encaminhados a tratamento psicoterápico e conseguem entender a raiz dos seus problemas emocionais e ressignificar suas emoções e sentimentos diante do que estavam enfrentando.  Desta forma, abandonam a fuga do si mesmo, representada pela busca através das redes sociais.  O autoconhecimento lhes abre a porta para sentirem-se bem, mais autoconfiantes e, assim, poderem ter novas atitudes, construirem relacionamentos pessoais saudáveis e alcançarem sucesso profissional.

Não basta conhecer é preciso transformar por mudanças internas.

Grata por sua visita

Imagem Net

Norma Emiliano

Comments

  • chica
    Responder

    Encontros podem proporcionar mudanças… Parece bem legal! O tema é bom! beijos, chica,lindo dia!

  • Élys
    Responder

    Um tema muito bom. Creio mesmo que é necessário sempre transformar por mudanças internas
    Retornando de um tempo de descanso, envio-lhe o meu carinho.
    Um abraço.
    Élys.

  • Norma Emiliano
    Responder

    Bem vindo, Elys, sempre muito bom tê- lo entre nós. Bjss

  • taislc
    Responder

    Oi, Norma, penso eu que, uma vez que a pessoa se conhece bem, que passou por uma psicoterapia, é bem mais fácil encontrar a raiz do problema e se auto ajudar. A vida é assim, uma rede, e temos de ver, com paciência e sabedoria, onde estará a porta de saída, onde fica a linha mais frágil que nos levará à liberdade. Gosto muito desses temas, aliás, com frequência você os aborda com muita propriedade, lógico.
    Verei esse filme, deve ser muito bom.
    Beijo, um feliz fim de semana!

  • toninhobira
    Responder

    Os encontros para os desencontros que pela vida vamos colhendo Norma. Seria uma arte da vida esta junção de desencontros para um encontro, onde há a renovação, o despertar. Muito boa sua postagem e claro que a orientação será sempre uma mola no impulso, para sair do fundo do poço concebido.
    Muito bom Norma.
    Beijo e bom domingo.

  • roseliadosreisbezerra
    Responder

    Boa tarde de paz, Querida amiga Norma!
    Fui erguida de um grande desencontro… E possível superar relacionamentos corrosivos que nos destruiram em fragmentos que pareciam nao poder mais se recompor
    O Amor e o Encontro.
    Tenha uma tarde feliz!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Deixe uma resposta para Élys Cancelar resposta

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: