Distraindo da vida real

Uma imagem-140 caracteres. desafio da sexta em criar sucintamente. Proposta da Mari às sextas, que hoje nos apresenta uma imagem muito comum ao nosso cotidiano e que me deixa bem inquieta.

GAMERANDROID (1)

 

O tempo dedicado às redes sociais e, principalmente, aos celulares, está distanciando os contactos humanos. As relações amorosas se perdem.

Hoje, participei de uma Roda de conversas cujo tema foi Homens e Mulheres nas relações amorosas contemporâneas. A maioria dos participantes psicólogos e terapeutas de familias  que se preocupam como as relações atualmente estão fragilizadas pelo individualismo excessivo e distanciamentos afetivos, muitas vezes mediado pelas redes sociais.

Grata pela visita.

Norma Emiliano

Comments

  • Roselia Bezerra
    Responder

    Boa noite de paz, querida amiga Norma!
    Por outro lado, tenho todos 3 filhos casados com fruto de relacionamento virtual… Por ora, lá vão ele e uma já há 13 anos, outro há 8 e um há quase 3.
    Deus abençoe o Amor em toda circunstância.
    Mas que é vedade o que você coloca aqui é, apesar de que toda regra possui exceção, temos que dar mãos à palmatória de que é triste ver nos relacionamentos até entre novos, muito distantes e frios, sem emoção e sentimento…
    Uma abordagem bem no estilo psicológico, gostei.
    Tenha um final de semana abençoado!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

  • chica
    Responder

    Bem verdade,Norma e não apenas as crianças…Casais ,hoje mesmo na janta ,no restaurante assisti essa cena em muitas mesas.Pena! bjs, chica

  • taislc
    Responder

    Norma, é no restaurante, nos shoppings, nas filas de Banco, em lojas, na rua, nos aniversários, colégios… em qualquer lugar, na frente está essa praga moderna! Poderia ser de grande utilidade, mas está demais, é muito grande o vício. E é algo que não creio que mude. Vai acentuar!!
    Beijo, um ótimo domingo.

  • toninhobira
    Responder

    Perfeito olhar e inspiração Norma.
    Cada vez mais o acesso à telinha tem levado as pessoas ao distanciamento entre os seus. As redes cativam e escravizam.
    É preciso muito cuidado para não de deixar levar por elas.
    Bom domingo de feliz semana.
    Beijo

  • Marina
    Responder

    Participação muito apropriada e texto verdadeiro, Norma. Quando meu esposo e eu saímos para jantar é muito frequente ver os pais comendo e a criança no celular/tablet, ou grupos de amigos que em vez de conversarem entre si estão entretidos cada um com seu aparelho. Casais morando juntos mas vivendo no individualismo também está sendo algo muito corriqueiro.
    Abraços e boa semana!

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: