Dia do Idoso

Celebração do Dia Internacional do Idoso

Aos 70 anos costuro minha história, ganhos e perdas, reconheço minhas habilidades e limitações e sigo dançando conforme a música, pois “o importante é bailar até que a luz se apague.”

ilustracao-da-idade-da-mulher-do-ciclo-femea-da-geracao-estagios-da-vida-das-mulheres_33099-282

A vida é traçada por etapas e alcançar o envelhecimento significa a possibilidade de expandir o olhar sobre o viver e alcançar a plenitude do si mesmo.

Com a passagem do tempo, entendemos que o que levamos e deixamos são as relações construídas baseadas na  amorosidade e refletindo sobre a importância de se viver o presente  que criei uma poesia que compõe o capítulo sobre Passagens do meu livro Pensando em Família, entrelaços (pg.59). Podemos ter saudades, mas  não precisamos permanecer no tempo da saudade.

Há um tempo

A vida é passagem

Se você se admira

Se você se ama

Se reconheça

Em tudo isto.

*

Não transfira

Para outra época

Sua atitude, seu gesto

Que tracejam

O seu AMOR.

E os cabelos brancos foram assumidos vide as fotos .

Norma Emiliano

Grata por sua visita

Comments

  • Roselia Bezerra
    Responder

    Boa noite, querida amiga Norna!
    Gostei muito da fala de que podemos ter saudade mas que não devemos permanecer no tempo dela.
    Creio que uma das nossas maiores conquistas é viver o presente sendo e fazendo feliz.
    Deus a abençoe muito!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem

  • chica
    Responder

    Linda reflexão e poesia, Norma…Essa certeza deve nos acompanhar sempre… E gostei de ver as fotos e o cabelo assumido. beijos, lindo dia! chica

  • toninhobira
    Responder

    Bonito Norma, aceitar o processo é libertar-se. Amei seus cabelos brancos e esta poesia tinha passado por ela e seria uma das minhas escolhidas para ilustrar a homenagem a você na data do aniversário.
    Parabéns amiga querida.
    Beijos

  • Ailime
    Responder

    Boa tarde Norma,
    Sobre o avanço da idade eu tenho pensado e porque sou crente que Deus nos preparou para irmos aceitando a idade com naturalidade.
    Tenho sentido isso, embora não tenha ainda a coragem de assumir meus branquinhos;))!!
    Adorei o seu poema e as fotos e felicito-a pela sua coragem, até porque fica muito bem.
    Beijinhos e vamos que vamos desfrutando cada momento.
    Ailime

  • Lúcia Silva
    Responder

    Uma poesia reflexiva bem pertinente e profunda! Amei as fotos, parabéns pelo livro e a antologia.
    Beijos!

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: