Cena do cotidiano

b3cacd61dbcdf12bbe17cb2059ebfba2Imagem google

Hoje, quando me encontrava numa travessia difícil, um cruzamento sem sinal, vi ao meu lado uma senhora que olhava para o alto. Observei que o momento era propício para atravessar e aproximei -me,  dando-lhe a mão,  convidando-a para me acompanhar.

Já do outro lado da rua, alertei-a de que ali não  havia  sinal. A partir de  sua resposta, percebi que tinha conhecimento disto e que o seu olhar para o alto não era de procura do semáforo,   mas de agradecimento a Deus.

Contou-me que está completando 91 anos, que a filha não gosta que ela  saia só,  e que Deus  tinha lhe agraciado com a recuperação de um neto que acabara de lhe telefonar,  dizendo que tivera alta hospitalar. Seu gesto então, era de agradecimento a Deus que enviou-me,  logo em seguida, como um anjo,  para ajudá-la na travessia.

Queria saber meu nome  e endereço, pois tinha comprado um livro “Nada acontece por Acaso” e desejava me dar. Agradeci e não tive como negar seu pedido.

Lúcida, locomovendo-se normalmente, ela ia à padaria próxima, para buscar uma encomenda. Despediu-se e  foi realizar a tarefa para o qual tinha ido à rua.

A nossa disponibilidade para o outro nos coloca diante de bons encontros e da convicção de que nada acontece por acaso.

Norma Emiliano

Comments

  • Renato Ohl
    Responder

    Olhando seu relato lindo, me coloquei a pensar…quem realmente era o anjo desta história? quem realmente estava ajudando a alguem a fazer uma travessia? Essa vida é muito rica…à medida que ajudamos, somos ajudados, à medida que servimos de luz para os outros, também nós somos iluminados. Realmente nada acontece por acaso. Nem este post, nem esse blog, ou o meu, e nem as pessoas que encontramos através deles. Estamos sempre aprendendo, não é mesmo? bjs

  • chica
    Responder

    Que lindo gesto o teu,certamente ganhaste uma amiga que não te esquecerá! E como fazem faltas anjos assim nas vidas dos outros! Valeu! bjs,chica

  • Karina
    Responder

    Norma!

    Que história linda, e é isso que nos faz continuar! Nem sei quantas e quantas vezes estava triste, desanimada e encontrei no meu caminho pessoas queridas que com um simples abraço, deixaram meu dia lindo! Quantos sorrisos de crianças já alegraram meu coração na fila do banco!

    Realmente, nada acontece por acaso!!!!

    Beijos e um lindo para você!

  • Roselia Bezerra
    Responder

    Olá, querida amiga Norma
    Sem sombra de dúvidas… nada acontece ao léu… Deus tem planos divinos inacreditáveis e nos faz felizes e emocionados em fazer o bem sem nem que procuremos ocasião…
    Belo relato de vida!!!
    Bjm quaresmal

  • Toninho
    Responder

    O nome deste livro é uma expressão do que acredito.
    Nada mais nada mesmo vem ao acaso.
    Há uma razão por mais difícil que seja acreditar.
    Linda idade da senhora com esta lucidez e fé.
    Já escrevi que somos anjos né Norma?
    Eis você nesta condição.

    Gostei.
    Beijo

  • Ailime
    Responder

    Boa noite Norma, que momento esse!
    Nada mesmo acontece por acaso!
    Daquelas historias que por vezes aprecem nos emails, mas esta bem real!
    (Dois anjos se encontraram)!
    Beijinhos,
    Ailime

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: