Blogagem Coletiva- Minha Ideia é Meu Pincel

monet-irises-monets-garden

 Monet – Irises in Monet’s Garden

 

Diante dos meus olhos as cores se misturam e resplandecem ao sol. Tudo é tão belo,  mesmo sendo apenas uma tela, absorvo o perfume no ar. Sinto-me leve, crio asas e voo, um voo que me permite mergulhar e localizar em mim a beleza do ser vivente.

Percorro, lentamente, estes caminhos, fixo os olhos em cada espécie, confundo-me com a paisagem, deito-me sobre este manto de flores, sorvendo o frescor do universo. Neste instante, ouço o som de uma canção que me acompanhou na adolescência, My Way, e revejo cenas de um amor que por lá ficou.

O coração segue o ritmo da canção;  A  alegria invade o peito. “Eu amei, eu ri e chorei (eu fiz tudo, tudo do meu jeito).” Este foi o meu primeiro traçado, traçado que colori com o meu próprio pincel e que me levou ao encontro de mim mesma. “Eu vivi uma vida que foi cheia. Eu viajei por cada e todas as rodovias”.

Nas cores e formas da tela, o sentido da vida de Monet, no entanto das diferentes cores uma cor me  envolve, o branco da paz.

Oh!  Paz que sinto ao pousar meus olhos sobre esta tela de Monet.  O retornar deste percurso, inundada de luz, é expandir no amor todo este sentir.

Este texto é a minha participação na Blogagem Coletiva  Minha idéia é meu pincel sob a organização de Glorinha do blog Café com bolo.

Aproveito  para  agradeçer a  Glorinha  pela idéia tão criativa de nos estimular a brincar com as palavras.

Norma Emiliano

Comments

  • Ana Karla – Misturação Misturão
    Responder

    Norma que coisa mais linda, o ponto de vista dos seus olhos.
    E My way, a que mais gosto do Sinatra(acho que é dele, né?).
    Fiz logo a minha postagem antes de visitar os demais, para não me influenciar, pois senão iria fazer como você,,, uma visão de amor, liberdae, lembrança.
    Nossa, amei!
    Xeros.

  • chica
    Responder

    Emocionante tua participação e o que fizeste com o pincel.

    Linda pintura em palavras,um beijo,tudo de bom,chica

  • Nilce
    Responder

    Simplesmente espetacular, Norma.
    Emocionante reviver sua paz todo este colorido jardim de Monet.
    Lindo!

    Bjs no coração!

    Nilce

  • Beth Q.
    Responder

    Norma, sua participação está bonita, sensível, uma verdadeira viagem na tela e no seu tempo.
    bjs cariocas

  • Socorro Melo
    Responder

    Norma,

    Que posso dizer? Fantástico! Nossa, voei na imaginação. E pensar em se estar nesse jardim ouvindo My Way, é uma experiência quase transcendental. Parabéns pelo pincel mágico, viu?

    Um grande abraço
    Socorro Melo

  • josé cláudio – Cacá
    Responder

    E da sua acurada e sensível contemplação brotaram saudosas lembranças, emergiram cores em palavras de encher os olhos. Ficou lindo! Abração. paz e bem.

  • Manuela Freitas
    Responder

    Olá Norma,
    Gostei bastante da tua divagação, os bons quadros também nos fazem viajar!…Foi lindo e também ouvi cá dentro o Sinatra!
    Gostava de saber como te posso seguir, não percebo, tens aqui sítio para seguidores?
    Beijinhos,
    Manú

  • manuel marques
    Responder

    Texto fabuloso *****.

    Beijo.

  • Lu Souza Brito
    Responder

    OLá Norma,

    Uma inspiração, uma volta ao passado. Acho que todos conseguiram fazer esta “viagem” olhando através dos olhos de Monet!

    Abraços

  • Glorinha Leão
    Responder

    Oi Norma, lindo texto cheio de emoção e verdade.
    Sou eu quem agradeço por tantos quererem participar dessa brincadeira criativa comigo. Sem todos vocês não seria a mesma coisa. Cada olhar sobre Monet enriquece a blogosfera e nossa maneira de ver a vida e o belo. Obrigada. beijos.

  • Lianara
    Responder

    Oi Norma!

    Linda sua viagem através da obra de Monet!
    Parabéns!

    Beijos
    Lia
    Blog Reticências…

  • Toninhobira
    Responder

    E fez uma bela leitura do que a tela lhe passou. Ficou maravilhoso Norma e vou aplaudir.Abraço de paz e luz.

  • Elaine
    Responder

    Olá Norma, vim primeiro te agradecer a visita e seu comentário, fico sempre muito feliz. Estando aqui me deparei com a sua postagem, simplesmente sensacional, adorei a maneira como vc expôs seus sentimentos e como eles foram transmitidos a nós. Beijos e seja sempre muito bem vinda!

  • Marli Soares Borges
    Responder

    Uau. Que arrojado, Norma! Gostei de ler. Parabéns pela postagem. Bjsssssss

  • Deia
    Responder

    Oi Norma! Pude ouvir a música na incrível voz de Frank e o roçar das flores em minhas pernas através da sua descrição!! Há momentos na vida que tem cores e sons próprios, não é? Beijos, Deia

  • Isadora
    Responder

    Norma, uma tela pode nos remeter muitas coisas: sons, imagens, odores, sentimentos, lembranças.
    Esse caminho percorrido quando nos remetem as coisas boas é sem igual.
    Um beijinho

  • Astrid Annabelle
    Responder

    Gostei muito Norma querida!
    Grande viagem…viajei com você.
    Bela participação na blogagem coletiva da Glorinha…ela os faz sonhar!!!
    Um beijo grande
    Astrid Annabelle

  • Malu Machado
    Responder

    Olá Norma, muito prazer. Também estou nesta deliciosa viagem por este jardim. Passa lá no meu cantinho. Pode me ver sentada ao lado do lago?? rss

    Adorei seu texto. Muito bacana. Paz e muita energia, é o que senti em sua tradução de Monet. Parabéns.

    Bjs,

  • António Rosa
    Responder

    Olá Norma,

    Muito agradecido pela sua visita ao ‘Cova do Urso’. Gostei muito do seu blogue e ando por aqui, manhã cedo, a conhecê-la melhor.

    Grande abraço

    António

  • Lúcia Soares
    Responder

    Norma, incrível (para mim, pelo menos) como uma “simples” tela, uma paisagem vista pelos olhos de uma só pessoa que a fêz, pode mexer com nossas emoções. É preciso, realmente, ter tempo para apreciar e ter coragem de fazer brotar em nós as emoções que a manifestação do artista deixou.
    Monet foi uma agradável surpresa para a viagem ao nosso interior. Vamos ver o que outras telas nos dirão.
    Beijo!

  • luma rosa
    Responder

    Norma, diante de uma tela como esta o nosso pensamento divaga e por que não encontrar um momento de paz no passado que possa lhe trazer paz para o presente? Bom fim de semana! Beijus,

  • orvalho
    Responder

    “Percorro, lentamente, estes caminhos, fixo os olhos em cada espécie, confundo-me com a paisagem, deito-me sobre este manto de flores, sorvendo o frescor do universo”.
    Querida amiga Norma, parece que vc me retratou na tela de Monet com muito conheciento do que se passa no meu eu naquela época vivida com tanta suavidade e esperança…
    Lindo seu post!!!
    Seja feliz e abençoada!!!
    Abraços fraternos com votos de muita serenidade.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: