As emoções

 

Como a emoção influencia o comportamento humano?

mente-e-emoções

 

 

O espaço não é primitivamente uma ordem entre as coisas, é antes uma qualidade das coisas em relação a nós próprios, e nessa relação é grande o papel da afetividade, da pertença, do aproximar ou do evitar, da proximidade ou do afastamento. “ Henri Wallon

Desde a Idade Média acreditava-se que os seres humanos alcançavam boa saúde equilibrando seus humores. Com Freud amplia – se o conceito de emoção para os afetos e com o desenvolvimento tecnológico, os pesquisadores estão associando a influência da emoção no sistema imunológico e na saúde, considerando – se o mal do século XXI, o stress,  resultado da incapacidade de lidar com a emoção.

Um dos teóricos mais estudados atualmente é Henri Wallon que coloca a afetividade como um dos aspectos centrais do desenvolvimento.  Em seus estudos sobre a criança aponta que a vida psíquica é formada por três dimensões – motora, afetiva e cognitiva, que coexistem e atuam de forma integrada.  Assinala que processo de evolução depende tanto da capacidade biológica do sujeito quanto do ambiente. Para esse autor a afetividade é expressa de três maneiras: por meio da emoção, do sentimento e da paixão.

Neste momento, vamos nos deter na emoção. A emoção considerada por este estudioso como a primeira expressão da afetividade. Ela tem uma ativação orgânica, ou seja, não é controlada pela razão. Exemplificando : num assalto, o  medo pode levar a correr, mesmo sabendo que não é a melhor forma de reagir. Da mesma forma, Greenberg, Rice e Elliot (1993) apontam que a emoção como “ponto de encontro “ do biológico, das relações macro e  micro sociais, da cultura, da história do sujeito.  Assim, podemos ter uma estudo mais abrangente, compreendendo o sentido e o papel que as emoções raiva, medo, vergonha, ciúme, entre outras)  possuem para o indivíduo.

O filme Divertida mente foi um sucesso entre crianças e adultos. É uma animação que tem como cenário a cabeça de uma criança, Riley, que aos 11 anos vive grandes mudanças em sua vida, apresentando o cérebro e o comportamento humano. Maiores detalhes aqui.

Entender as emoções é importante, é  uma das chaves para nos entendermos. O objetivo do psicólogo, de forma geral, será promover e dinamizar o gerenciamento das emoções nos sujeitos;  ajudá- los a descortinar as feridas, conflitos internos não resolvidos que os levam ser mais reativos do que ativo e, muitas vezes, podem  gerar uma autopunição, sintomas como por exemplo, enxaquecas, depressão.

“Eu estava zangado com meu amigo

  Eu falei da minha ira,

 Minha ira terminou.

 Eu estava zangado com meu inimigo

 Eu nada disse,

 Minha ira cresceu.”

William Blake,

 

 

Referências

Henri Wallon no livro Do Ato ao Pensamento

Greenberg, L. , Rice, L. e Elliot, R. (1993). Facilitando el Cambio Emocional. Barcelona: Paidós.

 

Imagem net

 

Norma Emiliano

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments

  • toninhobira
    Responder

    Olá Norma!
    Uma boa semana para você.
    Falar da emoções é sempre interessante e aqui muito bem analisada com todas as suas reações e influencias na vida dos seres como bem ilustrado com o exemplo do assalto nesta luta com a razão. Muito boa postagem Norma e acho que em outra postagem deva falar do Sentimento e das Paixões.
    Valeu amiga.
    Bjs.

  • Calu
    Responder

    É sempre muito importante estarmos atentos às nossas emoções, sendo que nem sempre é tão fácil agir, quanto o é falar, conforme bem explicitou o autor.
    Henri Wallon e Vygotsky apresentam trabalhos relevantes na área dos estudos do desenvolvimento infantil, ressaltando a importância das emoções no aprendizado e nas relações sócio-afetivas.
    Adorei a partilha!

    Bjoooo,
    Calu

  • Ailime
    Responder

    Boa noite Norma,
    Um artigo específico muito bom aqui tratado com os seus conhecimentos que muito ajudam ao desenvolvimento da temática.
    Beijinhos,
    Ailime

  • chica
    Responder

    Norma, as emoções nos fazem pensar e temos que parar para “perder” um tempinho com elas. Podem falar muito de nós. Lindo post! beijos,chica

  • verena
    Responder

    Lidar com nossas emoções nem sempre é fácil.
    A ajuda de um psicólogo ,muitas vezes, é fundamental.
    Postagem muito interessante.

    Obrigada por participar da brincadeira lá no blog.
    Fiquei feliz!
    Um grande abraço de
    Verena e Bichinhos.

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: