Adolescer

Adolescencia-o-adolescente

A adolescência é uma etapa que gera muitos inquietações para os jovens que começam alçar voos para além da família. Suas referências familiares são postas à prova, tendo em vista que o desejo de pertencimento aos grupos gera muitas inseguranças. É época de muitas mudanças, de curiosidades e descobertas não só físicas, mas também emocional e social.

Os compromissos com os estudos, as preocupações com as relações amorosas que, normalmente, acontecem,  as demandas familiares e dos grupos tecem a teia do seu crescimento e desenvolvimento pessoal.

“Entrar no mundo dos adultos – desejado e temido – significa para o adolescente a perda definitiva de sua condição de criança. É o momento crucial na vida do homem e constitui a etapa decisiva de um processo de desprendimento que começou com o nascimento” (ABERASTURY e KOBEL, 1992, p. 13).

Em outros posteres, expostos aqui e aqui  pode se observar o quanto esta fase do ciclo familiar tem entrelaçamentos e reorganizações que  caracterizam sua complexidade. Nesse período evolutivo, crucial para o desenvolvimento do indivíduo, culmina todo o seu processo maturativo biopsicossocial, ocorrendo à aquisição da imagem corporal definitiva, bem como a estruturação final da personalidade (OSÓRIO, 1996).

Para finalizar dois poemas que trazem olhares sensíveis sobre este período tão significativo para o ser humano.

O Adolescente

“A vida é tão bela que chega a dar medo.
Não o medo que paralisa e gela,
estátua súbita,
mas
esse medo fascinante e fremente de curiosidade que faz
o jovem felino seguir para a frente farejando o vento
ao sair, a primeira vez, da gruta.
Medo que ofusca: luz!
Cumplicemente,
as folhas contam-te um segredo
velho como o mundo:
Adolescente, olha! A vida é nova…
A vida é nova e anda nua
– vestida apenas com o teu desejo!”

Mario Quintana

*

No adolescer

Ali, olhos brilhantes
Vibrantes
Atentos
Aos detalhes.

Alguns lhe agradam
Outros só
ilusão da
Ingenuidade

Menina/mulher
Desejante
Desejada
Em raio puljente.

Enebriante
Momento
Sem medida
Futura

Risca o tempo
Com raios de sol
Nesta morada
Do adolescer.

Norma Emiliano

Referencias

Aberastury,  M; Knobel.  Adolescência Normal. (pp.24-62). Porto Alegre: Artes Médicas. 1989.

Osório. L. C. Família Hoje. Artes Médicas. Porto Alegre, 1996.

Comments

  • chica
    Responder

    Que lindo,Norma. A adolescência é uma período que requer muito mais cuidado com eles do que pensamos. Ficam mais quietos, na deles, cabeça girando,rs… Mas depois passa. Tenho aqui comigo, após passar por 4 adolescentes juntos ,todos nessa fase, agora vivo com os netos. Fases, ciclos…è da vida! bjs, chica

  • toninhobira
    Responder

    Ainda não tinha lido nada sobre este processo Norma. Muito se fala do envelhecer-se e vejo que este processo em muito se parecem. Em todos os dois há o desapego, o aventurar-se num novo mundo, O deixar os seus e recriar motivos para seguir.Uma fase de decisões sérias onde a preparação recebida de família vale muito e pode ter influências benéficas nos próximos passos.Uma fase de certa angústia diria, pois muitas vezes os sonhos atropelam a realidade do jovem sonhador diante a crua realidade. Creio que muitos passam pelas ajudas orientativas e os que não tem acesso podem ter graves traumas. Uma fase em que há certa vulnerabilidade aos vícios de todas as espécies, principalmente aos que acessam as universidades. Os poemas ilustraram muito bem e estão maravilhosos e você cada vez mais se mostra em poesia de alta sensibilidade e clareza.

    Um bom fim de semana com paz e harmonia.
    Beijo
    Gostei

  • roseliabezerra
    Responder

    Olá, estimada amiga Norma!
    O adolescer precisa ser cuidado… tenho dois netinhos nesta fase… e são bem orientados, graças a Deus!
    É muito triste a adolescência mal cuidada e amada…
    A vida é nova e precisa ser vivida com todo encantamento e vivacidade…
    Gosto muito de seus poemas, estão ternos e de modo ímpar o poetar com o coração e firmeza de pensar.
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

  • Ailime
    Responder

    Boa noite Norma,
    Um excelente artigo abordando o tema com sabedoria e elevação.
    A adolescência um período crítico do crescimento que tem de ser levado com muito tato e compreensão por pais e também na escola.
    Muito oportunos os poemas de Mário Quintana e o seu que está maravilhoso.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

Sua visita e comentários são muito significativos. Volte sempre.

Get Adobe Flash player
%d blogueiros gostam disto: